Categoria: Cabritismo

Outubro 12th, 2018 Por cabritta

 Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

Jornal norte americano revela como Londres travou burla inédita ao BNA…

outubro 10, 2018

Luanda – O “The Wall Street Journal” revelou “como um alerta de um banco de Londres impediu o que podia ter sido um dos maiores assaltos de sempre a um banco central, numa extensa reportagem sobre o Caso 500 milhões $$ de dólares do Banco Nacional de Angola (BNA)”.

..para defraudar o Estado angolano…

Fonte: JA 

Com o título O golpe de 500 milhões de dólares do banco central – e como foi frustrado”, o prestigiado jornal editado em Nova Iorque revela que tudo começou quando um contabilista profissional dirigiu-se a uma agência do banco HSBC Holdings de um subúrbio de Londres, para orientar a transferência de 2 milhões de dólares $para o Japão. O caixa do banco, depois de uma série de perguntas ao contabilista, recusou-se a fazer a operação e, por relatório, informou à gerência do banco.

… num “musseque” de Londres…

O banco britânico rapidamente descobriu de onde tinha saído o dinheiro, porque três semanas antes, em meados de Agosto do ano passado, responsáveis do BNA tinham enviado os 500  milhões de dólares das reservas do país a uma empresa de um modesto contabilista cuja empresa estava só situada entre um café e uma barbearia num “musseque” de Londres.

O jornal, que faz um cruzamento das fontes com documentos da Justiça britânica, refere que o banco descobriu que “o movimento era parte de um complot orquestrado para defraudar o Estado angolano, semanas antes do fim dos 38 anos de poder de José Eduardo dos Santos. A reportagem revela que foram identificados documentos forjados ao estilo das personagens do filme “Oceans Eleven”, e o grupo de pessoas envolvidas incluía um cidadão brasileiro e um engenheiro agrónomo holandês.

De acordo com o “The Wall Street Journal, um dos jornais especializados em economia com maior circulação no Ocidente, o grupo de cidadãos falsários tem ligações com Lisboa, Londres e Luanda, e chegou a ter uma reunião em Luanda com o então Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

De acordo com o jornal, as autoridades judiciais angolanas já processaram judicialmente, entre outros, os cidadãos brasileiro Samuel Barbosa da Cunha, o português José Pontes Sebastião e o holandês Hugo Onderwater, para recuperar 25 milhões de euros, pagos para criar um fundo de garantia que entraria na operação do “golpe” dos 500 milhões, mas que nunca chegou a ser criado.

O jornal escreve que o Es-tado angolano pode ter sido vítima de golpes semelhantes durante décadas por parte de pessoas ávidas de enriquecimento rápido e fácil”.

Perfil de alguns dos envolvidos

José Pontes Sebastião

 O cidadão holandês Hugo Onderwater é engenheiro agrónomo e vive em Portugal. José Pontes Sebastião, português, é amigo de infância de “Zenu” dos Santos. O português José Pontes, magri-nho de 40 anos, é conhecido por nunca carregar sem-pre a sua maleta de documentos, entregando-a sempre ao guarda-costas.

Hugo Onderwater “O Submerso”, 55 anos, é alto, cabelos curtos, com negócios no sector da energia. Os dois já planeavam investir em Ango-la no sector da qualidade ou segurança alimentar.

Samuel Barbosa da Cunha, brasileiro, careca, descreve-se como um especialista em comprar e vender garantias financeiras.

Archer Mangueira, actual ministro das Finanças, é referenciado na reportagem como tendo rejeitado fazer parte da operação. Foi então solicitada a intervenção de Valter Filipe, então governador do BNA. A operação começou com a transferência de 24.8 milhões de euros de uma conta no Commerzbank AG, em Frankfurt, para outra de José Pontes no Banco Comercial Português SA, em Lisboa. Deste dinheiro,

Onderwater recebeu 5 milhões para comprar uma extensa propriedade em Lisboa e outra na Inglaterra.

Outros 2.4 milhões foram para a empresa Bar Trading de Tokyo, do brasileiro Samuel Barbosa da Cunha. Este brasileiro, na rede social sobre profissões LinkedIn, diz que tem mais de 30 anos de experiência no mercado financeiro e é doutorado em Economia pela Universidade de Boston.

A reportagem revela, entretanto, que nãoregisto da sua passagem pela referi-da universidade, citando os arquivos e o porta-voz da instituição de ensino.

Samuel Barbosa deixou Londres em Julho do ano passado. Foi visto pela última vez em Riga (Lituânia). Em Junho último, várias fotos na página do Facebook mostravam Samuel Barbosa a fumar um charuto e outras na classe executiva de um avião.

Todos os envolvidos negam as acusações e referem que agiram com base em contratos assinados.

Estampada na edição de 3 de Outubro do “The Wall Street Journal”, a reportagem é assinada por Margot Patrick, Grabriele Steinhauser e Patricia Kowsmam.

A reportagem do “The Wall Street Journal é ilustrada com fotos do ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos, do ex-governador do Banco Nacional de Angola, Valter Filipe, e do actual, José de Lima Massano, do actual ministro das Finanças, Archer Mangueira, do ex-presidente do conselho de administração do Fundo de Desenvolvimento Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos, e de dois cidadãos estrangeiros.

 Partilhar este artigo

 

10 de Outubro 2018

Mise en forme : jinga Davixa

O Cabritismo ?.. 

 

ESCROQUERIE : .. ET DIRE QUE J.E.S ?.. N’EST TOUJOURS PAS INCULPÉ ?..

CRIMINELS ?… Le problème des dirigeants du MPLA ?… ne pas se soucier, des preuves rassemblées !..

LA « CONSPIRATION DES JUGES » : Urgence en Angola, de créér une Commission Présidentielle.. Anti-Corruption…

KLEPTOCRATIE : Archer Mangueira,.. actuel Ministre des Finances de l’Angola,.. est pris dans un schéma d’escroquerie et de blanchiment d’ argent… (« Cabritismo » ?..)

TRUANDERIE : JES est la « Clé de voûte » … pour la fin du processus d’arnaque… des 500 millions de dollars $…

KLEPTOCRATIE : Isabel dos Santos attaque en justice,.. le Président de la République d’ Angola,.. João Lourenço…

ANGOLA : un banquier proche du pouvoir a pillé 600 millions $$ de dollars …

CABRITISMO : « ceux qui protègent Sobrinho vont vite déchanter !.. »

BESA : um “cabritismo” altos lugares… altas figuras…e..”V.I.P” ?.. – Cabritta investigadora –

ANGOLA : Campagne d’intolérance politique contre… Rui Ferreira,.. Président de la Cour suprême d’ Angola…

ANGOLA : La corruption « destitue et balaye… » les gouvernements,.. mais en Angola ?.. ils s’ éternisent …

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Burla, Cabritismo Etiquetas: , , ,

Setembro 25th, 2018 Por cabritta

A “recusa” custou-lhe o arrastamento das exigênciasdas autoridades para o campo jurídico resultando na sua prisão preventiva, que aconteceu hoje em Luanda.

Segundo o apurado Club-K, O empresário suíço angolano Jean Claude Bastos de Morais recusou propostas das autoridades angolanas com vista a devolver ao Estado USD 3 bilhões $$ do Fundo Soberano de Angola que o mesmo geria por intermédio da sua empresa Quantum Global.

A “recusa” custou-lhe o arrastamento das exigências das autoridades para o campo jurídico resultando na sua prisão preventiva, que aconteceu hoje em Luanda.

As autoridades angolanas, por intermédio de Fernando Garcia Miala, Chefe do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado (SINSE), estabeleceram inicialmente conversações pacificas com Jean Claude de Morais para uma solução extrajudicial quanto ao resgate dos fundos em posse do empresário.

Fernando Miala havia persuadido, em vão, o empresário a devolver os fundos que estavam em sua gestão. Em, resposta, Bastos de Morais, explicou ao seu interlocutor que estava disponível para devolver apenas 1 bilhão de dólares americanos alegando que mais do que isso não poderia fazer porque os fundos estavam em regime de aplicação na Inglaterra pelo que não poderiam ser mexidos, a margem de um prazo estabelecido.

Garcia Miala, por sua vez, transmitiu ao Chefe de Estado, João Manuel Gonçalves Lourenço que Bastos estava indisponível em devolver todo dinheiro mas que por outro lado poderia devolver apenas 1 bilhão de dólares $.

O Presidente, por seu turno, mostrou-se implacável transmitindo que os fundos pertencem ao Estado angolano, e que Bastos deveria devolver todo o dinheiro.

disputa jurídica … desafiando o Estado angolano…

As partes ficaram-se nas divergências tendo Jean Claude de Morais optado por enfrentar uma disputa jurídica do assunto desafiando o Estado angolano em dois palcos destintos. Um, na Inglaterra, em que o Estado angolano perdeu a batalha pelo congelamento dos 3 bilhões de dólares do Fundo Soberano em posse do empresário. O segundo palco, seria o que esta acontecer agora: enfrentar os tribunais angolanos em que cujo o processo ainda em fase de instrução

.. prisão…

preparatória resultou na sua subsequente prisão preventiva.

Fonte: Club-K

 

 

 

Patilhar este artigo

 

Mise en forme : jinga Davixa – cabritta@cabritismo.info

O Cabritismo ?..  BASTA !..

100% “CABRITISMO” ? : Angola diz que deve 3 BILHÕES $$..a ISRAEL ?.. ISRAEL diz que nao ?..

MAURITIUS-PAPERS : Álvaro Sobrinho interpellé,…interrogé par la Commission … anti-corruption…

À propos de nous

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos « Zenú » et Jean Claude Bastos en détention provisoire …

ZENÚ ? : A Corrupcao mata…

TRUANDERIE : JES est la « Clé de voûte » … pour la fin du processus d’arnaque… des 500 millions de dollars $…

KLEPTOCRATIE : Comment ces Messieurs au pouvoir en Angola,.. ont-ils pu détourner des milliards €€ d’euros vers le Portugal ?..

La Mafia au « poleiro » (MPLA), l’unique organisation criminelle, véritable, que connait l’Angola.

CABRITO-HIGINIO : É iminente à possiblidade de Higino Carneiro, ser aconchegado pela PGR ?..

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos, “Zenu”, ouvido na PGR no Luanda …

Contact

ANGOLA : LUNDA-NORTE EST EN DEUIL,.. LE RÉGIME CONTINUE D’ ASSASSINER …

RÉPRESSION : un opposant dénonce en angola,.. des méthodes qui rappellent l’apartheid…

DICTATURE : Le président du Parlement « NANDÓ »  veut en finir avec les réseaux sociaux en angola…

ANGOLA : L’escapade présidentielle,.. le FRIC.. c’est CHIC !..

KLEPTOCRATIE : Les autorités angolaises ont saisi les comptes bancaires,.. de personnalités politiques de « haut rang »… Higino Carneiro,.. Manuel Rabelais,..

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

JOÃO-LOURENÇO … ET LE PROTOCOLE DE MALABO … ALORS ??.

OPÉRATION-CABRITISMO : Zenú et Jean-Claude sont arrêtés,.. et dorment bien en prison …

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Banditismo, Cabritismo, Desonestidade Etiquetas: , , ,

Setembro 25th, 2018 Por cabritta

Caros leitores  !.. 

.. É iminente ?..

. É iminente ?..

Cabritismo ?.. aos seus lugares… 

é ….muita..….muita…..

iminente

…..

          

 

 

desonestidade !.. 


Noticias a todo momento

É iminente à possiblidade de Higino Carneiro, ser aconchegado pela PGR.

Tudo indica que o General “Peito Alto”, como é conhecido Higino Carneiro, deverá ser uma das próximas figuras da elite política contemporânea de José Eduardo dos Santos a ser responsabilizado por acusações de corrupção, branqueamento de capitais e outras.

. É iminente ?.... é iminente ?..

O ponto de partida poderá ser cargo de Governador de Luanda, do qual foi afastado por João Lourenço, foi o último de natureza executiva que desempenhou nos últimos anos da sua vida política(episódio marcado, pelo facto de HC, não ter  justificado despesas na ordem de 30 mil milhões de Kwanzas, equivalentes a mais de 115 milhões de $$ dólares, detectados numa inspeção efectuada ao GPL pela Inspecção-Geral da Administração do Estado (IGAE)), o mais importante dos seus cargos executivos, foi o de ministro das Obras Públicas, ministério, considerado como fio solto do manto da corrupção e compadrio, lavra farta para uma futura “lava jacto”a versão angolana, sendo um dos sectores que fortemente contribuiu para o processo de acumulação primitiva de capital, para muitos altos dirigentes do partido,

Patilhar este artigo

Fonte : Wawera

 

Mise en forme : jinga Davixa – cabritta@cabritismo.info

Cabritismo ?..  BASTA !..

ANGOLA : un banquier proche du pouvoir a pillé 600 millions $$ de dollars …

CABRITO-CONCESSÃO : para uma compensação ??.. por prejuízo ??…xx.. em bilhões.. de $$..

OPÉRATION-CABRITISMO : Zenú et Jean-Claude sont arrêtés,.. et dorment bien en prison …

CARNEIRO-rismo : Bispos católicos exortam a que a política não seja “via indigna” de enriquecimento…

CABRITO-PRESTIGIO : O Prestigio… do “Cabitismo” ?..

BANCO -“CABRITISMO” ?.. : PCA do Banco Prestígio ouvido pela PGR…

CABRITISMO : « ceux qui protègent Sobrinho vont vite déchanter !.. »

CABRITTA-MANIA : Isabel dos Santos nie,.. avoir poursuivi en justice, le président de la République d’Angola

MAURITIUS-PAPERS : Álvaro Sobrinho interpellé,…interrogé par la Commission … anti-corruption…

HC : aqui aqui nós “carneiramos”,.. bebemos… e enxágue os dentes !..

ESCROQUERIE : Les contradictions et l’agitation du régime…

Contact

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Branqueamento de capitais, Cabritismo, Carneiro-rismo, Parlamento, PGR Etiquetas: , ,

Setembro 25th, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     desonestidade !..

 

setembro 25, 2018

Comunicado de Imprensa da PGR, Confirmado. Jose Filomeno dos Santos foi detido juntamente com Jean Claude Bastos de Morais

Basta !.. de “Cabritismo”…

Pela complexidade e gravidade dos factos, com vista a garantir a eficácia da investigação, na sequência dos interrogatórios realizados, o Ministério Público determinou a aplicação aos arguidos da medida de coação pessoal de prisão… 

na cadeia ?..O.. “cabristismo” ?..

Procuradoria-Geral da República vem por este meio levar ao conhecimento público que, para além do crime de burla de USD 500.000.000 $$ já remetido ao Tribunal Supremo, corre, igualmente, termos na Procuradoria-Geral da República em fase preparatória ,

Processo Crime n. 22/18-DNIAP, referente a actos de gestão do Fundo Soberano de Angola e, em que são arguidos José Filomeno Sousa dos Santos Jean Claude Bastos de Morais.

a mao.. no saco ?..

 

 

 

 

 

 

Partilhar este artigo

Wawera  –  25 de Setembro de 2018

Mise en forme : jinga Davixa

       de Cabritismo ?.. 

 

 

Leia abaixo o comunicado da PGR angolana na íntegra :

ESCROQUERIE : Les contradictions et l’agitation du régime…

CABRITO-CONCESSÃO : para uma compensação ??.. por prejuízo ??…xx.. em bilhões.. de $$..

MIRAMAR : .. O “Bunker” do “Cabritismo” ?..

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos « Zenú » et Jean Claude Bastos en détention provisoire …

PRÉSIDENT : Nous, peuple angolais… sommes malheureux,.. très malheureux !..

KLEPTOCRATIE : Le général « DINO », commandant du Coup-Politique et illégal à la BESA …

ANGOLA : Juges de la Cour Constitutionnelle, et suspectés d’ exercer la profession d’avocat !.. (en catimini ?..)

FAA : Fortes tensions au sein des Forces Armées Angolaises – Rafael Marques de Morais

ANGOLA : un banquier proche du pouvoir a pillé 600 millions $$ de dollars …

Contact

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Banditismo, Cabritismo, PGR Etiquetas: , ,

Setembro 24th, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

Basta !.. de “Cabritismo”…

setembro 24, 2018

José Filomeno dos Santos da Entrada para Cadeia do São Paulo, juntamente com Jean-Claude Bastos de Morais. (Em actualização)

Fontes, confirmam a presença de José Filomeno dos Santos, Filho do Ex-presidente de Angola José Eduardo dos Santos e Jean-Claude Bastos de Morais, dono da Quantum Global, na cadeia de São Paulo.

Fontes, confirmam a presença de José Filomeno dos Santos, Filho do Ex-presidente de Angola José Eduardo dos Santos e Jean-Claude Bastos de Morais, dono da Quantum Global, na cadeia de São Paulo.

(Em actualização… )

 

Partilhar este artigo

Wawera  –  24 de Setembro de 2018

Mise en forme : jinga Davixa

O Cabritismo ?.. 

 

 

CABRITO-CONCESSÃO : para uma compensação ??.. por prejuízo ??…xx.. em bilhões.. de $$..

TRUANDERIE : Zenú et Valter Filipe risquent une peine de,.. 20 ans de prison,.. chacun !..

MIRAMAR : .. O “Bunker” do “Cabritismo” ?..

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

BARBARIE : Le Député et le Commissaire de Police ont bien tenté… d’ archiver et classer l’ affaire du Crime du SIC, à Moxico…

PRÉSIDENT : Nous, peuple angolais… sommes malheureux,.. très malheureux !..

“BURLA TAILANDESA” : … é “Cabritismo” ?.. ou Nao ?..

KLEPTOCRATIE : JOAO LOURENÇO,.. DES BEAUX DISCOURS … À LA PRATIQUE ?.. MAINTENANT ??…

BARBARIE : João Dala est mort … il avait subi en 2016 une torture sadique … et brutale … 15 heures durant … par les enquêteurs du SIC…

FAA : Fortes tensions au sein des Forces Armées Angolaises – Rafael Marques de Morais

ANGOLA : Juges de la Cour Constitutionnelle, et suspectés d’ exercer la profession d’avocat !.. (en catimini ?..)

FAA : Le Laboratoire du général ZÉ MARIA et l’agent portugais …

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos « Zenú » et Jean Claude Bastos en détention provisoire …

Contact

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Branqueamento de capitais, Cabritismo, Fuga ao fisco Etiquetas: , ,

Setembro 22nd, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

 

Isabel dos Santos nega ter processado presidente de Angola

setembro 21, 2018

Luanda – A empresária Isabel dos Santos, filha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos, negou esta sexta-feira ter movido um processo contra o atual presidente de Angola, João Lourenço, como foi avançado durante a manhã pelo semanário Expresso, na sua edição digital.

Fonte: Lusa

Num comunicado da agência de comunicação que a representa em Portugal, Isabel dos Santos desmente o teor das notícias. “A notícia não corresponde à verdade: a Eng.ª Isabel dos Santos não moveu qualquer processo contra o Presidente de Angola, General João Lourenço, nem contra nenhuma pessoa física, em relação à concessão do Porto da Barra do Dande, pode ler-se.

..barragem de Caculo Cabaça

O comunicado não é claro sobre se alguma das empresas detidas por Isabel dos Santos acionou um processo cível contra o Estado angolano ou qualquer outra instituição angolana envolvida no processo de concessão do Porto da Barra do Dande.

 

O documento esclarece ainda que a empresa apenas apresentou umaavaliação jurisdicional do acto administrativo”.

“A Atlantic Ventures, na qualidade de entidade adjudicatária da mencionada concessão, solicitou um procedimento arbitral e requereu ao Estado Angolano a avaliação jurisdicional do acto administrativo de revogação da concessão, nos termos previstos e permitidos pela legislação angolana.”

 

 Partilhar este artigo

 

21 de Setembro de 2018

Mise en forme : jinga Davixa

O Cabritismo ?.. 

 

MAURITIUS-PAPERS : Álvaro Sobrinho interpellé,…interrogé par la Commission … anti-corruption…

ANGOLA : un banquier proche du pouvoir a pillé 600 millions $$ de dollars …

KLEPTOCRATIE : JOAO LOURENÇO,.. DES BEAUX DISCOURS … À LA PRATIQUE ?.. MAINTENANT ??…

CABRITISMO : « ceux qui protègent Sobrinho vont vite déchanter !.. »

PROCÈS : LA COUR SUPRÊME ORDONNE LA LIBÉRATION DES 3 JEUNES DE MALANJE…

KLEPTOCRATIE : Archer Mangueira,.. actuel Ministre des Finances de l’Angola,.. est pris dans un schéma d’escroquerie et de blanchiment d’ argent… (« Cabritismo » ?..)

CABRITTA 2018 : Vamos viver oportunidades em Angola,..para se afastar definitivamente,.. da brutal opressão do “Cabritismo” !..

Angola: « Une presse sous contrôle depuis 40 ans », Reporters sans frontières dénonce…

SONANGOL : a Belinha ?.. come,..come,.. tudo,.. onde ela é amarrada !.. – “cabritta”

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos « Zenú » et Jean Claude Bastos en détention provisoire …

S.O.S : uma Angola livrada do “cabritismo” ?.. para uma nova vida ?….. é possível ?…

La Mafia au « poleiro » (MPLA), l’unique organisation criminelle, véritable, que connait l’Angola.

L’Angola est le seul pays, Non-intéressé par le partage des dénonciations, sur les dirigeants de Odebrecht.

KLEPTOCRATIE : Le général « DINO », commandant du Coup-Politique et illégal à la BESA …

PARADISE PAPERS : « Alvaro Sobrinho veut acheter 59 villas au coût de Rs 1,6 milliard»… à l’ île Maurice !..

Contact

 

 

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Desonestidade, investigacoes Etiquetas: ,

Setembro 3rd, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

 

MANUEL VICENTE EXPOSTO POR TRÁFICO DE INFLUÊNCIA

 

Já se fazem notar as consequências da falta de dinheiro e dos desentendimentos sobre negociatas que envolvem dirigentes: fruto também de uma aparente abertura política, os tribunais começam a ser inundados por revelações revolucionárias.

Veja-se o Processo n.º 3161/2017-D, que corre no Tribunal Provincial de Luanda, opondo o cidadão Rui Miguel Casimiro Tati ao empresário Eugénio Manuel da Silva Neto “Geny Neto” e a sua empresa GLS Holding.

A última audiência teve lugar a 6 de Agosto.

Neste processo, o reclamante Rui Tati exige perto de 10 (dez) milhões de dólares pelos serviços que afirma ter prestado na constituição de um consórcio GLS Holding e a multinacional norte-americana General Electrics (GE) em Angola. Esta parceria tinha como objectivo a construção de uma fábrica de equipamento subaquático e um centro de prestação de serviços, no Soyo, para a indústria petrolífera.

antigo vice-presidente Manuel Vicente…

Enquanto os oponentes se digladiam em tribunal e a juíza Iracema de Azevedo para já assiste às contestações mútuas, têm sido feitas revelações graves pelas partes, respeitantes ao envolvimento do ex-presidente do Conselho de Administração da Sonangol e anterior vice-presidente da República, Manuel Vicente.

Segundo a contestação de Eugénio Neto, Manuel Vicente utilizou a sua influência para tornar permissível o que estava proibido.

Em concreto, Manuel Vicente, na altura PCA da Sonangol, informou, em 2010, que a General Electrics Oil and Gas (GE Oil & Gas) estava numa “lista negra” da Sonangol, devido a práticas incorrectas ocorridas no passado”.

Na sua extensa alegação dos factos, o contestante revela que Vicente lhe disse o seguinte: “Por conhecer pessoalmente o réu Eugénio Neto e pela consideração que por este nutria, bem como pelo impacto socioeconómico do projecto para o país, iria ‘perdoar’ a GE Oil & Gas e retirá-la da lista negra para que o réu pudesse trabalhar com a mesma (…)”.

mais de 1000 (mil) milhões de $ dólares…

Entretanto, a fábrica nunca chegou a ser construída, apesar do investimento de mais de 170 milhões $ de dólares ter sido anunciado, havendo uma grande fanfarra na imprensa. Mas a verdade é que o consórcio fechou outros negócios com as multinacionais petrolíferas que operam em Angola, os quais se estimam em mais de 1000 (mil) milhões de $ dólares.

Este caso mostra-nos Manuel Vicente a utilizar a sua influência de modo abusivo para favorecer um amigo, retirando certa empresa de uma lista negra que não se sabia existir na Sonangol, e perdoando essa mesma empresa, cujo crime é desconhecido. Em termos legais, este acto de Manuel Vicente consubstancia um crime de tráfico de influências.

Na sequência desta confissão acerca do tráfico de influências de Manuel Vicente, Rui Tati arrolou-o como testemunha, na sua resposta à tréplica de Eugénio Neto.

E aqui começa o baile.

Segundo informações obtidas pelo Maka Angola, Manuel Vicente pretende vincar as imunidades e prerrogativas que o seu estatuto actual de deputado do MPLA lhe confere. Ou seja, também quer ser ouvido “na praia”. Trata-se da repetição do lamentável episódio do ex-procurador-geral da República, o infame general João Maria de Sousa.

A relação de Eugénio Neto com Manuel Vicente estreitou-se, quando o primeiro era vice-presidente da Espírito Santo Commerce (ESCOM), do Grupo Espírito Santo (GES) e Hélder Bataglia.

O GES detinha 56 por cento do capital do Banco Espírito Santo Angola (BESA). Por sua vez, Manuel Vicente cruzava interesses económicos com o GES no então BESA (actual Banco Económico), do qual era sócio, fazendo parte de um triunvirato, com os generais Kopelipa e Leopoldino Fragoso do Nascimento.(Dino).

A ESCOM esteve associada ao malfadado traficante chinês Sam Pa, que, até há quatro anos, dominou a relação entre Angola e a China e os biliões $  de dólares de financiamentos geridos pelo Gabinete de Reconstrução Nacional, para a recuperação das infraestruturas destruídas durante a guerra.

Os contactos iniciais para o efeito haviam sido promovidos pelo então presidente da ESCOM, Hélder Bataglia, e o traficante internacional de armas Pierre Falcone, do famoso caso Angolagate.

Segundo sabe Maka Angola, Eugénio Neto fez parte da delegação inicial.

por vir ao de cima ?..

Manuel Vicente, como PCA da Sonangol, passou a ser a figura-chave na relação com a China, através deste esquema, ao garantir os pagamentos em petróleo, enquanto o general Kopelipa assumiu a direcção do GRN.

Foi a altura de maior festança na pilhagem dos recursos do país.

Como sempre nestes negócios de grande envergadura e muita opacidade, os esquemas são demasiado confusos e acabam sempre muito mal contados.

Dificilmente um juiz chegará ao fundo da questão.

Mas a verdade sobre o que é essencial acaba sempre por vir ao de cima. 

 Moiani Matondo

 

 3 de Setembro de 2018

Mise en forme : jinga Davixa

O Cabritismo ?.. 

 

BESA : um “cabritismo” altos lugares… altas figuras…e..”V.I.P” ?.. – Cabritta investigadora –

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

KLEPTOCRATIE : Isabel dos Santos attaque en justice,.. le Président de la République d’ Angola,.. João Lourenço…

PORTUGAL : O Manuel Vicente é acusado… de que ?…. de corrupcao ?… ou… de “cabritismo” activo ?…

100% “CABRITISMO” ? : Angola diz que deve 3 BILHÕES $$..a ISRAEL ?.. ISRAEL diz que nao ?..

KLEPTOCRATIE : Isabel avait enregistré Atlantic Ventures au nom de son beau-frère et de sa copine…

OBJECTIF- CABRITISMO : La Sté privée IMEXCO … payait des salaires mensuels au Procureur Général de la République. (João Maria de Sousa !..)

O CRIME : João Maria de Sousa (…agora ex-PGR), escolhe ser ouvido no sua ‘Praia’…

CABRITO-PRESTIGIO : O Prestigio… do “Cabitismo” ?..

ANGOLA : Procuradoria cria gabinete para denúncias de corrupção ?.. e quando pelo “cabritismo” ?..

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Desonestidade, Tribunal Etiquetas: , ,

Agosto 12th, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….  

  Conection..

Cabrito

desonestidade !..          

desonestidade !..

desonestidade !..

Zenu transfere-se para a morada do pai no Miramar –

 

Rui Verde

“Justiça lenta” no caso dos 5 mil milhões do Fundo Soberano…

 Agosto 6, 2018

Por DW

“Novela” em torno do Fundo Soberano de Angola continua.

Para jurista Rui Verde, José Filomeno dos Santos e Jean-Claude Bastos de Morais continuarão a ser protegidos enquanto sistema jurídico-legal não for desmanchado”.

José Filomeno dos Santos e Jean-Claude Bastos de Morais

A gestão do Fundo Soberano de Angola (FSDEA) tinha sido entregue pelo antigo Presidente José Eduardo dos Santos ao próprio filho José Filomeno dos Santos (Zénu).

O Procurador General da Republica

Entretanto, o Presidente João Lourenço afastou José Filomeno dos Santos do cargo e a justiça angolana tem estado a investigar a sua gestão, seguindo o rasto do dinheiro. Dois dos 5 mil milhões de $ dólares já foram recuperados pelos novos gestores do Fundo.

Mas restam ainda 3 mil milhões no estrangeiro, que o Governo angolano pretende recuperar.Esta semana soube-se que os 3 mil milhões de dólaresque a Quantum Global geria em representação do Fundo Soberano de Angola foram desbloqueados por ordem da justiça britânica.

  ..existirem contratos assinados ?..

A informação consta de um comunicado da Quantum Global, no qual o fundador da empresa, o suíço-angolano Jean-Claude Bastos de Morais, amigo pessoal de Zénu, e que está também a ser investigado pela justiça angolana no âmbito deste processo, refere que o juiz de um tribunal inglês retirou “a ordem de congelamento na sua totalidade daqueles investimentos do FSDEA.

Em entrevista à DW África, Rui Verde, professor e especialista em política angolana, explica que o “problema essencial” deste caso prende-se com o facto de existirem contratos assinados pelo antigo Presidente de Angola que “legitimam a entrega” destes montantes.

Para este analista, “a justiça angolana está a ser muito lenta, pois não confronta ninguém com o vigor legal.

DW África: Como interpreta a recente notícia do descongelamento dos 3 mil milhões de dólares a favor da Quantum Global ?

Rui Verde (RV): Quer dizer o seguinte: numa primeira fase, em abril deste ano, a justiça britânica tinha congelado a pedido do Fundo Soberano de Angola, da nova direção nomeada por João Lourenço, esses 3 mil milhões, debaixo da gestão do Jean- Claude Bastos de Morais e a justiça britânica tinha feito esse congelamento. Depois, o Jean-Claude e a Quantum reagiram e fizeram o que se pode chamar de recurso a essa primeira decisão, e então veio um tribunal inglês descongelar o que tinha sido congelado em abril [de 2018].

DW África: Quer isso dizer que uma grande parte do Fundo Soberano de Angola está ainda e continuará em Inglaterra?

RV: Aparentemente havia 5 mil milhões, o Governo angolano diz que recuperou 2 mil milhões e 3 mil milhões estão com Jean-Claude Bastos de Morais. Se estão em Inglaterra ou noutras jurisdições não é claro, porque também corre um processo semelhante nas ilhas Maurícias. O que a jurisdição inglesa permite é emitir ordens mundiais de congelamento, digamos assim, e é por isso que ela é utilizada com frequência. Mas em resumo, 3 mil milhões de dólares do Fundo Soberano voltam a estar nas mãos do Jean-Claude Bastos de Morais.

DW África: Como é possível tanto dinheiro ser entregue ao filho do então ex-Presidente, ou neste caso, a um colega de juventude, ao suíço-angolano Jean-Claude Bastos de Morais?

RV: Este é o problema essencial e é o que esta decisão inglesa agora reflete. Os contratos que legitimam essa entrega existem, ou seja, não foi uma entrega por baixo da mesa, e esse é o grande problema, porque quem é que deu origem e autorização a esses contratos? Foi o antigo Presidente José Eduardo dos Santos. Portanto, agora o que temos aqui é um novelo formal que o antigo Presidente criou e que o novo Presidente João Lourenço terá dificuldade em desfazer nos tribunais.

DW África: A justiça angolana estará preparada para desfazer este imbróglio, para investigar e recuperar o dinheiro que é do povo angolano?

RV: Não está e esse é um dos grandes problemas. Quando há estes grandes casos noutros países, como nos Estados Unidos, ou em Portugal, a justiça atua segundo aquilo que se pode chamar um modelo “big bang”, vai utilizando a lei, mas vai diretamente à pessoa, e ao mesmo tempo gera uma série de mecanismos. Geralmente aplica prisão preventiva, congela bens ou faz uma acusação, portanto, a pessoa é imediatamente confrontada com o peso do Estado. O que se está a passar em Angola é que há muitos discursos, há muitas notícias nos jornais, mas a justiça angolana está a ser muito lenta, não confronta ninguém com o vigor legal. Ou não quer ou não está preparada para, de facto, ir ao cerne das questões.

DW África: Correm notícias de que José Filomeno dos Santos, o antigo presidente do conselho da administração do Fundo Soberano, e também Jean- Claude Bastos de Morais, estão a ser investigados em Angola. O que é que isso significa ?

RV: O que a Procuradoria-Geral da República angolana anunciou é que corre uma investigação contra eles em Angola, mas eles estão em liberdade. Foi-lhes tirado o passaporte, portanto não podem sair de Angola.

DW África: E esses indivíduos estão a ser protegidos por alguma parte do aparelho de Estado de Angola?

RV: Eles estão a ser protegidos por toda a legislação e por todos os contratos que o pai, o Presidente José Eduardo dos Santos, fez. Essa é a grande proteção deles e enquanto esse sistema jurídico-legal não for desmanchado, eles terão sempre uma proteção. Se essa proteção agora se está a estender também a forças já descontentes no atual regime, é possível. Neste momento, assiste-se obviamente a um confronto, por um lado entre João Lourenço, e por outro lado entre os filhos do Presidente, quer seja a Isabel dos Santos, quer seja o José Filomeno dos Santos. Isso é claro, mas na realidade quem está no fim da linha é o antigo Presidente, foi ele que assinou os papéis.

DW África: José Eduardo dos Santos ainda é Presidente do partido no poder em Angola, o MPLA, mas deixará de sê-lo no dia 8 de setembro, ao que tudo indica…

RV: Se chegamos a setembro nesta situação, até pode eleger João Lourenço como presidente do MPLA, mas obviamente é um presidente fragilizado.

 

Mise en forme : jinga Davixa

Partilhe este artigo

Por DW –  Agosto 6, 2018

O “Cabritismo” ?.. BASTA !..

Autoridades judiciais com o desafio de notificar Zenu no “bunker” do Miramar…

 

À propos de nous

TRUANDERIE : JES est la « Clé de voûte » … pour la fin du processus d’arnaque… des 500 millions de dollars $…

KLEPTOCRATIE : Comment ces Messieurs au pouvoir en Angola,.. ont-ils pu détourner des milliards €€ d’euros vers le Portugal ?..

La Mafia au « poleiro » (MPLA), l’unique organisation criminelle, véritable, que connait l’Angola.

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos, “Zenu”, ouvido na PGR no Luanda …

Contact

ANGOLA : LUNDA-NORTE EST EN DEUIL,.. LE RÉGIME CONTINUE D’ ASSASSINER …

RÉPRESSION : un opposant dénonce en angola,.. des méthodes qui rappellent l’apartheid…

DICTATURE : Le président du Parlement « NANDÓ »  veut en finir avec les réseaux sociaux en angola…

ANGOLA : L’escapade présidentielle,.. le FRIC.. c’est CHIC !..

KLEPTOCRATIE : Les autorités angolaises ont saisi les comptes bancaires,.. de personnalités politiques de « haut rang »… Higino Carneiro,.. Manuel Rabelais,..

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Corrupcao, investigacoes, PGR Etiquetas: , , ,

Agosto 9th, 2018 Por cabritta

“BURLA TAILANDESA” : ja esta nas “maos” do Supremo…

O vice-procurador-geral da República de Angola disse hoje que já está em tribunal o processo de tentativa de burla ao Estado, no valor de 50.000 milhões de dólares (43.500 milhões de euros), envolvendo cidadãos tailandeses e angolanos.

A informação foi avançada pelo vice-PGR angolano, Mota Liz, à margem do seminário sobre Ocupação Ilegal de Imóveis, destacando que o processo passou por uma fase em que alguns dos acusados requereram instrução contraditória e, no âmbito das leis do processo, o Tribunal Supremo assim procedeu, seguindo o processo a sua tramitação subsequente.

O Ministério Público vai confirmar a sua acusação, um pouco decorrente também dos elementos colhidos na instrução contraditória”, acto que é facultativo, elucidou Mota Liz.

Se o acusado ou o Ministério Público entender que há elementos que precisam de ser esclarecidos, podem requerer a instrução contraditória. Neste caso, aconteceu que foi a defesa quem pediu a instrução contraditória e esta fase também já terminou. O processo agora vai seguir os seus trâmites normais e vamos esperar que o juiz se pronuncie ou não, é a faculdade do juiz, disse.

Mota Liz realçou que o processo será julgado no Tribunal Supremo, porque há, entre os acusados, pessoas e entidades que gozam defórum especial”, pelo que a apreciação em primeira mão é feita a esse nível.

Neste caso são arguidas 11 pessoas, sete delas em prisão preventiva desde 21 de Fevereiro deste ano, sendo seis estrangeiros e cinco angolanos.

Entre os acusados angolanos estão o ex-chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), general Geraldo Sachipengo Nunda, 65 anos; o general das FAA, José Arsénio Manuel, 62 anos; e o ex-director da Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP) e secretário para a Informação do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA, no poder desde 1975), Ernesto Manuel Norberto Garcia, 51 anos.

Do grupo de cidadãos angolanos constam igualmente Celeste de Brito António, 45 anos, e Cristian Albano de Lemos, 49 anos.

O Ministério Público acusou também Raveeroj Ritchchoteanan, 50 anos; Monthita Pribwai, 28 anos; Manin Wantchanon, 25 anos; Theera Buapeng, 29 anos (todos cidadãos da Tailândia); Andre Louis Roy, 65 anos, do Canadá, e Million Isaac Haile, 29 anos, da Eritreia.

Segundo a acusação, a 27 de Novembro de 2017 chegou a Angola um grupo de dez indivíduos, que entrou no país com visto de fronteira e integrava os quatro arguidos tailandeses, bem como Pracha Kanyaprasit, Kanphitchaya Kanyaprasit, Watcharinya Techapingwaranukul, que se encontram em fuga, igualmente oriundos da Tailândia.

A delegação era ainda composta pelo arguido canadiano e pelo seu conterrâneo Pierre Rene Tchio Noukekan (fugitivo) e o japonês Miyazaki Yasuo (igualmente em fuga).

O grupo chefiado por Raveeroj Ritchchoteanan, criador e presidente da alegada fundação mundial com o seu nome, com o fito de erradicar a pobreza e promover educação e saúde de qualidade na Ásia e em África, chegou a Angola por intermédio da arguida Celeste de Brito, que foi estudante na Tailândia, onde conheceu Pierre Rene Tchio Noukekan e com o qual “manteve sempre contacto desde aquele período até à data da sua chegada a Angola”.

 

O Ministério Público refere na acusação que foi Celeste de Brito quem solicitou cartas às instituições do Estado angolano a convidar a fundação a realizar financiamentos em Angola, tendo antecipadamente sido enviada uma cópia do cheque no valor de 5,2 mil milhões de dólares para fazer prova da capacidade financeira da empresa, bem como de vários documentos da empresa Cetennial, sociedade em que é presidente Raveeroj Ritchchoteanan.

O visto de entrada dos cidadãos tailandeses, segundo a acusação, foi solicitado a 7 de Novembro de 2017 pelo ex-director da UTIP ao Serviço de Migração e Estrangeiros, em nome da empresa de Celeste de Brito.

Segundo a acusação, a 27 de Novembro de 2017 foi realizado um encontro na sede da UTIP com representantes de bancos comerciais, ocasião em que Raveeroj Ritchchoteanan exibiu o cheque de 50 mil milhões de $$ dólares (43,1 mil milhões de euros).

Os arguidos são acusados de vários crimes, nomeadamente de associação criminosa, fabrico e falsidade de títulos de crédito, burla por defraudação na forma frustrada, exercício ilegal de funções públicas, tráfico de influência, promoção e auxílio à emigração ilegal, falsificação de documentos e abuso de poder.

O General Geraldo Sachipengo Nunda é a mais relevante personalidade envolvida.

Parafraseando Marcolino Moco, Nunda terá “caído que nem um patinho” na armadilha e, dessa forma, prestado um incomensurável serviço ao MPLA que abominou sempre a escolha de um ex-general da UNITA para dirigir as FAA.

A descoberta desta burla aconteceu no momento de constituição da empresa em Angola, já que para o efeito seria necessária a confirmação do valor que manifestaram existir.

A entidade competente para esta matéria accionou a sua congénere nas Filipinas, tendo dali obtido a confirmação de que efectivamente aqueles supostos promotores não eram, na verdade, aquilo que deviam ser e muito menos o cheque que foi apresentado era autêntico”, disse o chefe do departamento central do Serviço de Investigação Criminal (SIC), Tomás Agostinho.

Aquele responsável admitiu que “terá havido uma falha, um erro, de avaliação deste projecto de investimento, apresentado por esses cidadãos estrangeiros da parte da entidade responsável pela captação de investimento”.

Lembrou que a referida intenção mereceu toda uma divulgação pública, o que terá feito passar a ideia de que os 50.000 milhões de dólares, “que se referiram como estando disponíveis para investir no mercado angolano, era um facto”..

Sob o título “Burla legitimada pela UTIP “exonera” general Nunda”, o Folha 8 escreveu no dia 7 de Março que o Presidente da República teria já chamado o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), general Geraldo Sachipengo Nunda, e ter-lhe-á dito que, em função do mais recente escândalo financeiro, em que está envolvido, seria exonerado.

O general Nunda informou o Presidente João Lourenço, a este propósito, que perante este caso (do qual se considera também vítima) era já sua intenção pedir a demissão, salvaguardando assim a imagem e a honra das FAA, bem como a honorabilidade do país, referiu na altura ao Folha 8 um oficial que lhe é próximo.

Embora o general Nunda seja a figura angolana mais relevante a ver-se envolvida neste caso, o certo é que o responsável máximo da Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), Norberto Garcia, deu cobertura e legitimidade aos burlões quando divulgou que os investidores angolanos e estrangeiros vão poder aceder a um fundo de 50 mil milhões $ de dólares, da Centennial Energy Thailand, um grupo internacional de investimento e desenvolvimento de projectos comerciais e humanitários.

 

com Lusa – 8 de agosto de 2018

Mise en forme : jinga Davixa

Partilhe este Artigo

 

MIRAMAR : .. O “Bunker” do “Cabritismo” ?..

DICTATURE : Le président du Parlement « NANDÓ »  veut en finir avec les réseaux sociaux en angola…

ANGOLA : Le Vice-président de la république,.. Bornito Sousa poursuit les journalistes, du journal « Liberdade »…

RÉPRESSION : un opposant dénonce en angola,.. des méthodes qui rappellent l’apartheid…

Contact

LE « GASPILLEUR ».. DES MILLIARDS.$$.. DES PAUVRES ANGOLAIS,.. S’ ENVOLE POUR LE PARLEMENT EUROPÉEN…A STRASBOURG…

ANGOLA : Juges de la Cour Constitutionnelle, et suspectés d’ exercer la profession d’avocat !.. (en catimini ?..)

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Burla, Cabritismo, investigacoes Etiquetas:

Julho 21st, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

Image associéeLUCAS NGONDA OUVIDO PELA PROCURADORIA

 

Desvio de fundos e de propriedade da FNLA em causa

Lucas Ngonda

O presidente da FNLA Lucas Ngonda tem estado a ser ouvido pela Procuradoria Geral da República (PGR)

por acusações de desvio de dinheiro que se destinava às eleições de 2017 e por se ter apropriado dos bens do partido

 ..desvio de dinheiro ?..

 A noticvia foi revelada por um rival de Lucas Ngonda à presidência da FNLA que se encontra dividida em várias facções.

Ngonda presidente da FNLA reconhecida pelos tribunais angolanos mas recentemente membros do partido elegeram num congresso Pedro Gomes como seu presidente.

Este disse estar informado dos interrogatórios da procuradoria a Ngonda.

não  disponível ?..

 

Ngonda, que é também deputado à Assembleia Nacional não se manifestou disponível, quando foi contactado pela Voz da América, mas é referido pela imprensa em Luanda como tendo

 

um processo crime ?..

confirmado a existência de um processo crime contra a liderança do seu partido ao qual estaria a ser ouvido “como declarante”.

Fonte: VOA

 Julho 19, 2018 

Mise en forme : jinga Davixa

O Cabritismo ?.. 

 

100% “CABRITISMO” ? : Angola diz que deve 3 BILHÕES $$..a ISRAEL ?.. ISRAEL diz que nao ?..

ANGOLA : Tous les corrompus devront aller en prison,.. et ne pas uniquement acquitter ceux qui feront des dénonciations… – Rafael Marquès de Morais.

BANCO-CABRISTIGIO : Tchizé dos Santos “justifica origem”… de fundos para criação de banco…

TRUANDERIE : JES est la « Clé de voûte » … pour la fin du processus d’arnaque… des 500 millions de dollars $…

Une économiste voudrait un observatoire de l’économie informelle, en ANGOLA

KLEPTOCRATIE : Isabel dos Santos attaque en justice,.. le Président de la République d’ Angola,.. João Lourenço…

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos, “Zenu”, ouvido na PGR no Luanda …

CABINDA: UNE ASSOCIATION DÉNONCE LES PLANS  D’ASSASSINATS… PAR LE GOUVERNEUR…

PROCÈS : Les familles des accusés d’attentat contre Bornito de Sousa, Vice-président de la république d’Angola, dénoncent une manipulation !..

S.O.S : uma Angola livrada do “cabritismo” ?.. para uma nova vida ?….. é possível ?…

ANGOLA : Procuradoria cria gabinete para denúncias de corrupção ?.. e quando pelo “cabritismo” ?..

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Branqueamento de capitais, Cabritismo, Desonestidade, Parlamento Etiquetas: ,

Partilhar
Partilhar