Categoria: Uncategorized

Junho 27th, 2019 Por cabritta

.. Uma lição de arrogância …

 

Nas redes sociais foi partilhado um vídeo.

Nele surge uma figura a discursar. Veste fatos de bom corte, talvez italianos, gravata de seda, talvez francesa, tem sentido de humor. Dá a ideia de se tratar de alguém que representa a Angola moderna, capaz, sábia.

Todavia, quando abandona o humor inicial e começa a falar sobre a fiscalização dos poderes do presidente da República em Angola, apenas a arrogância supera a catadupa de asneiras.

Simplesmente, não estudou

A personagem confunde opiniões com verdades, julga que uma discussão jurídica é uma conversa de café.

.. Simplesmente, não estudou…

É a desilusão.

O seu nome é Lopes, Marcy Lopes, secretário dos Assuntos Jurídicos do Presidente da República, e a triste intervenção que produziu teve lugar na quarta-feira, dia 19 de Junho, num encontro sobre a fiscalização dos poderes presidenciais.

Existem vários pontos na alocução de Marcy Lopes que merecem crítica severa. Não propriamente as opiniões do alvitrado futuro ministro da Justiça – pode ter as opiniões que quiser –,

o facto de apresentaressas opiniões como verdades da ciência do direito, quando nem são verdades, nem ciência do direito.

Lopes começa por referir que só existem três sistemas de governo, o presidencial, o semipresidencial e o parlamentar. O sistema angolano é obviamente presidencial e atribui ao presidente da República os poderes que normalmente lhe são consignados neste sistema, afirma Lopes.

Isto não é assim.

As possibilidades de sistema de governo são inúmeras.

Basta lembrar que o constitucionalista Jorge Miranda descreveu o sistema da Constituição angolana como sendo de tipo representativo simples, e que Adriano Moreira atribuiu ao sistema português, em certas circunstâncias, a denominação de presidencialismo de primeiro-ministro.

Estas classificações não são dogmas exactos impostos aos países; pelo contrário, são análises posteriores que se fazem à estrutura constitucional e do auncionamento orgânico de cada um dos sistemas de governo em cada país.

É evidentíssimo que o sistema de governo angolano tem características presidenciais, mas vai mais longe.

Miranda chamou-lhe representativo simples comparando-o às ditaduras plebiscitárias; nós preferimos chamar-lhe presidencialismo imperial ou hiperpresidencialismo.

A verdade é que qualquer análise de direito comparado permite facilmente perceber  o grau exacerbado que os poderes presidenciais alcançam em Angola, na teoria e na prática.

Fiscalização e separação de poderes

Depois desta afirmação descabida, Marcy Lopes sai-se com a maior pérola do seu discurso, afirmando que é falso afirmar-se que o presidente da República não é fiscalizado, porque em Angola existe um sistema de separação de poderes. O seu raciocínio é que a separação de poderes garante a fiscalização do presidente.

Não garante. É precisamente ao contrário. Um sistema de separação de poderes evita que um poder fiscalize o outro. O exemplo mais extremo foi o adoptado em França pouco depois da Revolução de 1789.

Quis-se criar um sistema de separação de poderes puro e, nessa medida, proibiu-se que os juízes sindicassem as leis e actividades da Administração, precisamente para que um poder não interferisse noutro.

Esta doutrina foi levada tão longe, que implicou a adopção de uma norma do Código Penal (artigo 127.º) que punia criminalmente os juízes que se pronunciassem sobre questões pertencentes à esfera dos outros poderes.

Foi por isso que em França demorou muito tempo a existir a fiscalização dos actos administrativos pelos tribunais, por se considerar que tal afectava o princípio da separação de poderes.

Quer isto dizer que a separação de poderes tem de ser combinada com os chamados “checks and balances” que permitam a um poder interferir noutro. Na verdade, o princípio constitucional angolano é o da separação e interdependência de poderes, admitindo a Constituição alguns“checks and balances.”

A questão é que estes não são suficientes.

Mais adiante no seu discurso, Lopes aborda o famoso Acórdão n.º 319/2013 do Tribunal Constitucional, que tem sido geralmente entendido como uma limitação à fiscalizaçãodo executivo por parte da Assembleia Nacional.

Marcy Lopes afirma o contrário, garantindo que todos os mecanismos de controlo existem.

Na realidade, basta ler o acórdão e verificar que fica proibida a participação de ministros e altos responsáveis de departamentos em comissões da Assembleia Nacional ou em audiências parlamentares,

a não ser mediante prévia autorizaçãodo presidente da República, e que as interpelações e inquéritos ao Executivo,

bem como perguntas ou audições aos ministros contrariam o sistema de governo estabelecido na Constituição (cfr. P. 9 e 10 do Acórdão n. º 319/2013).

É isto e nada mais que o acórdão estabelece: proibições clarase expressas de actos de fiscalização da Assembleia Nacionalface ao Executivo.

A comparaçãoque o secretário dos Assuntos Jurídicos do Presidente faz com os Estados Unidos– e muitos juristas angolanos gostam de fazer – não colhe.

Nos EUA, o Congresso, especialmente o Senado, têm doispoderes muito fortes de controlo presidencial.

O primeiro é o de aprovar as nomeações. Todos os altos cargos, ministros, embaixadores, juízes, que o presidente dos EUA nomeia têm de ser aprovados pelo Senado. Há, assim, uma fiscalização óbvia. E uma boa parte da doutrina – que, contudo, é disputada – considera que até as exonerações infundadas dos cargos podem ser contestadaspelo Senado.

Além desse poder, o Congresso tem um poder alargado de investigação dos actos do Executivo. O poder do Congresso para investigar e obter informações é muito amplo.

Embora não exista uma disposição expressa na Constituição dos EUA que aborde o poder investigativo, o Supremo Tribunal estabeleceu firmemente que tal poder é essencial para a função legislativa, estando implícito a partir da atribuição do poder legislativo no Congresso.

Em certos casos, denominados de Privilégio Executivo, o presidente pode recusar-se a dar informações ou permitir que os seus subordinados as prestem ao Congresso. Todavia, esse privilégio está bem estabelecido na jurisprudência e é limitado às questões de segurança e sensíveis. Basta lembrar que o presidente Richard Nixon resolveu apresentar a sua demissão depois de o Supremo Tribunal ter decidido que não havia razão para Nixon não entregar a quem o estava a investigar as cassetes que continham as suas conversas no Gabinete Oval.

no tempo de Obama, a invocação do Privilégio Executivo por parte deste presidentepara não entregar determinados documentos do Departamento de Justiça foi declarada inválida em 2016.

Como se sabe, a Constituição dos EUA é curta e sintética,

mas a prática, os tribunais e a dinâmica jurídico-política têm criado um sistema de interdependências e fiscalização muito intenso, ao contrário de Angola, em que tem acontecido precisamente o oposto.

.. um sistema de interdependências e fiscalização muito intenso  ?..

 

A destituição do presidente

Finalmente, Marcy Lopes ainda brindou a sua audiência com mais um espantoso desafio, afirmando que a Constituição angolana permitia que se destituísse o presidente caso este violasse a Constitução;

para tal, bastaria que a UNITA promovesse a destituição na Assembleia Nacional.

Mais uma asneira.

Possivelmente, Lopes referia-se ao artigo 129.º, cuja epígrafe é “Destituição do Presidente da República.” Pela leitura do artigo percebe-se logo que as causas de destituição estãodevidamente catalogadas e correspondem ao cometimento de crimesou ao surgimento de incapacidades físicas ou mentais.

Provavelmente, Lopes teria em mente o crime de violação da Constituição (artigo 129.º, n.º 2).

Porém, mesmo estando redigido de forma ampla, este crime não representa “tudo”, como pretendia Lopes. Um crime tem de estar sempre inserido na dogmática penal, teremos de procurar o dolo, a ilicitude, os nexos de causalidade, etc ...

E depois não basta haver um votona Assembleia Nacional. Este voto apenas inicia um processo que culminará num julgamento no Tribunal Constitucional.

É do mais disparatado, e mesmo irresponsável, encorajar a oposição a promover a destituiçãodo presidenteapenas para provar que este não viola a Constituição.

Repetimos : o problemas do discurso de Marcy Lopes não é o de ele ter uma opinião favorável aos excessivospoderes constitucionais do presidente,

O problema é ele transformar arrogantemente essa opinião em ciência exacta, pretendendo classificar todos aqueles que dele

.. mais profunda e douta ignorância …    ignorencia …

 

discordem como imbecis, quando, na realidade, os seus próprios argumentos demonstram a mais profunda e douta ignorância

Uma nota final sobre a prática política presente.

Pode-se defender, tal como acontecia na velha Roma republicana, que em casos de emergência o dirigente deva ter todos os poderes para resolver a situação.

Assim, João Lourenço deverá manter os actuais poderes para garantir o sucesso da luta contra a corrupção e a transição de Angola para um real Estado de Direito democrático.

No entanto, a sua maior conquista política e constitucional seria, no final dos seus mandatos, ter deixado um sistema de governo equilibrado.

Mise en forme : jinga Davixa
Partilhar este artigo

 

Banco Mais, Banco Postal e Muro de Lamentações …

CABRITO-FUNDO : O Juiz Presidente Rui Ferreira e a conspiracão ?.. do … « Cabritismo » ?..

SUPRA-CABRITISMO : .. Figuras da sociedade civiI “Exigem” investigacao a Rui Ferreira …

KLEPTOCRATIE : Proposition d’ un nouveau Cadre Juridique, contre la Corruption en Angola … – par Rui Verde

LAVA JATO : Americanos atacam a Corrupção em Moçambique . E ANGOLA ??..

LAVA JATO : Sociedade cívil defendem afastamento,.. de Rui Ferreira do Tribunal Supremo …

Marcy Lopes : .. Uma lição de arrogância …

RELATÓRIO DA FREEDOM HOUSE 2019 COLOCA ANGOLA ENTRE OS PAÍSES NÃO LIVRES …

Milucha aconselha filha a seguir o seu exemplo : .. Sair do MPLA …

CABRITA-MANIA : Tchizé dos Santos,.. chuta para canto …

CABRI-POSTAL : .. é um Banco Postal ou.. dos  » Cabrito’s  » ??…

LAVA JATO : Zenú e Pontes,.. usaram EMPRESA FANTASMA,.. para comprar Banco …

KLEPTOCRATIE : Proposition d’ un nouveau Cadre Juridique, contre la Corruption en Angola … – par Rui Verde

LAVA JATO : Americanos atacam a Corrupção em Moçambique. E ANGOLA ??..

LAVA JATO : Sociedade cívil defendem afastamento,.. de Rui Ferreira do Tribunal Supremo …

LAVA JATO : Americanos atacam a Corrupção em Moçambique . E ANGOLA ??..

   Send article as PDF   

Publicado em Uncategorized

Maio 17th, 2019 Por cabritta

Caros leitores !..

.. Coercivo ?..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

                           é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

Lisboa – A Bancada Parlamentar do MPLA, endereçou, no passado dia 7 de Maio, uma missiva a deputada Welwitschia José dos Santos “Tchizé” para lhe dar a conhecer que aquele conclave esteve reunido para analisar a sua situação que a luz das normas e leis vigentes, já ultrapassou 90 dias que a lei permite, quer por motivo de doença, quer pela permanência no exterior do país, pelo que se sugere que a mesma peça “a suspensão provisória do mandato, podendo retomar o seu assento , logo que cessarem as razoes da ausência”.

Propõe  que seja a propria a pedir suspensão do seu  mandato

Nestes termos, segundo a missiva que o Club-K, teve acesso, a bancada parlamentar do MPLA, sugere a deputada a suspensão do mandato mediante requerimento a apresentar ao Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade dias dos Santos “Nandó”.

“Na expectativa de que o assunto merecerá a vossa melhor atenção agradecemos a sua resposta com a maior brevidade possível”, lê-se na missiva do partido no poder com copia enviada a Vice-Presidente do partido, Luísa Damião.

Em reação pública – feita por intermedio de áudios divulgados nas redes sociais – a deputada que se encontra em parte desconhecida no exterior do país, assume pela primeira vez, razões de perseguição e de segurança que a mantem distante de Angola

Segundo justificação de Tchizé dos Santos “O limite dos 90 dias foi ultrapassado porque eu estou aqui fora do país fugida, se o MPLA quer que eu diga a verdade ao povo, eu digo a verdade, desde que raptaram dentro de um avião um deputado em território nacional, desde que inventaram, publicaram em documentos da justiça angolana acusações falsas ao mesmo respeito acusando-me de receber dinheiro do CNC.

A mesma lembra a informações que correram em Angola sugerindo que se regressasse ao país seria depois impedida de voltar a sair e lhe confiscariam o passaporte.

Dá o exemplo de pessoas que estariam na alegada lista e que a realidade provou que encontram se privadas das suas liberdades de movimento. Por isso mesmo reitera não sentir segura para regressar ao país depois da onda de ameaças que tem recebido.

“Para mim a honra e a dignidade não tem preço, prefiro estar a limpar o chão na rua para conseguir o que comer do que ter um mandato de estar a sujeitar-se a brincadeira de mau gosto ditatorial deste MPLA, do camarada João Lourenço”, rematou Tchizé, em resposta a bancada parlamentar do seu partido.

Club-k  maio 08, 2019

Mise en forme : jinga Davixa

Partilhar este artigo

 

100% “CABRITISMO” ? : O terreno de TCHIZÉ no talatona,.. Fraude ou Favoritismo …

SINDIKA DOKOLO : .. O…”Oligarq-ismo” .. “Colecionar-ismo”,.. e… e.. “Cabrit-ismo” ?..

CARTA ABERTA : Ladrão não pode ser Patrão … ( E.. Patrão ?.. um “CABRITO” .?…)

ZENU : O “Cabritismo” ?.. num “musseque” de Londres ?..

BANCO -“CABRITISMO” ?.. : PCA do Banco Prestígio ouvido pela PGR…

Jornalista Amélia De Aguiar, responde a Tchize Dos Santos …

   Send article as PDF   

Publicado em Uncategorized Etiquetas: ,

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

Caros leitores !..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….  

  Conection..

Cabrito

desonestidade !..          

desonestidade !..

desonestidade !..

Jean-Claude Bastos com projecto de Rádio privada

julho 14, 2018

Lisboa – O empresário angolano de origem suíça, Jean-Claude de Morais Bastos, constituiu em Março de 2017, a Rádio Sabão – emissão de radiodifusão,” a partir do município do Cazenga. A Rádio se propunha a expandir para a prestação deserviçoprivado de radio, televisão e imprensa escrita.

Fonte : Club-k.net 

Sem estar ainda a imitir ao ar,  o mesmo havia nomeado como  PCA, Gilberto de Jesus Cabral Pires, seu sócio e de Zénu dos Santos na Benguela Development S.A.

 

Foram ainda  nomeadas duas administradoras, Manuela Ganga (esposa de Jean Claude), e Margarida Buca Quinta, ex-funcionária do Banco Kwanza Invest, e amiga de Manuela.

“Radio Kwanza” ?..

Em 2012, Zenú dos Santos foi citado como estando a preparar-se para também criar a sua própria emissora que se chamaria “Radio Kwanza” que seria congregado numa holding virada ao ramo da comunicação.

Por outro lado, um dos seus “testas de ferro”,

Jorge Pontes Sebastiao apareceu como principal entusiasta do projecto de comunicação social privado

“ GEM Angola Global Media, Limitada, detentor dos títulos “A Nova Gazeta” e...  o “Valor Econômico”. 

O  Cabritismo” ?..   BASTA !..

Mise en forme : jinga Davixa 

Partilhar este artigo

 

A Jornalista da semana … em Angola !..

SAUDE : Todos no Luanda, Procuramos a ajuda do Navio-Hospital Chinês…

ANGOLA : LE REPORTAGE DE LA SIC ET L’ INSENSIBILITÉ DE “L’ ÉLITE”

PROCÈS : LA COUR SUPRÊME ORDONNE LA LIBÉRATION DES 3 JEUNES DE MALANJE…

ANGOLA : Tchizé e Coreon Du “juntam-se” a Isabel dos Santos…João Lourenço retira gestão da TPA 2

OPÉRATION-CABRITISMO : Jean-Claude Bastos, « Mentor » de José Filomeno dos Santos, avait reçu 82,5 millions $$ de dollars, pour un travail qu’il n’a jamais fait…

Portugal : FIN de l’impunité du régime d’Angola, suite au cas Tchizé !

ANGOLA : Tous les corrompus devront aller en prison,.. et ne pas uniquement acquitter ceux qui feront des dénonciations… – Rafael Marquès de Morais.

CABINDA: UNE ASSOCIATION DÉNONCE LES PLANS  D’ASSASSINATS… PAR LE GOUVERNEUR…

PROCÈS : Les familles des accusés d’attentat contre Bornito de Sousa, Vice-président de la république d’Angola, dénoncent une manipulation !..

TRUANDERIE : JES est la « Clé de voûte » … pour la fin du processus d’arnaque… des 500 millions de dollars $…

La France a battu la Croatie en finale et devient.. double champion du monde de football…

Contact

   Send article as PDF   

Publicado em investigacoes, Uncategorized Etiquetas:

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

 

MANUEL VICENTE EXPOSTO POR TRÁFICO DE INFLUÊNCIA

 

Já se fazem notar as consequências da falta de dinheiro e dos desentendimentos sobre negociatas que envolvem dirigentes: fruto também de uma aparente abertura política, os tribunais começam a ser inundados por revelações revolucionárias.

Veja-se o Processo n.º 3161/2017-D, que corre no Tribunal Provincial de Luanda, opondo o cidadão Rui Miguel Casimiro Tati ao empresário Eugénio Manuel da Silva Neto “Geny Neto” e a sua empresa GLS Holding.

A última audiência teve lugar a 6 de Agosto.

Neste processo, o reclamante Rui Tati exige perto de 10 (dez) milhões de dólares pelos serviços que afirma ter prestado na constituição de um consórcio GLS Holding e a multinacional norte-americana General Electrics (GE) em Angola. Esta parceria tinha como objectivo a construção de uma fábrica de equipamento subaquático e um centro de prestação de serviços, no Soyo, para a indústria petrolífera.

antigo vice-presidente Manuel Vicente…

Enquanto os oponentes se digladiam em tribunal e a juíza Iracema de Azevedo para já assiste às contestações mútuas, têm sido feitas revelações graves pelas partes, respeitantes ao envolvimento do ex-presidente do Conselho de Administração da Sonangol e anterior vice-presidente da República, Manuel Vicente.

Segundo a contestação de Eugénio Neto, Manuel Vicente utilizou a sua influência para tornar permissível o que estava proibido.

Em concreto, Manuel Vicente, na altura PCA da Sonangol, informou, em 2010, que a General Electrics Oil and Gas (GE Oil & Gas) estava numa “lista negra” da Sonangol, devido a práticas incorrectas ocorridas no passado”.

Na sua extensa alegação dos factos, o contestante revela que Vicente lhe disse o seguinte: “Por conhecer pessoalmente o réu Eugénio Neto e pela consideração que por este nutria, bem como pelo impacto socioeconómico do projecto para o país, iria ‘perdoar’ a GE Oil & Gas e retirá-la da lista negra para que o réu pudesse trabalhar com a mesma (…)”.

mais de 1000 (mil) milhões de $ dólares…

Entretanto, a fábrica nunca chegou a ser construída, apesar do investimento de mais de 170 milhões $ de dólares ter sido anunciado, havendo uma grande fanfarra na imprensa. Mas a verdade é que o consórcio fechou outros negócios com as multinacionais petrolíferas que operam em Angola, os quais se estimam em mais de 1000 (mil) milhões de $ dólares.

Este caso mostra-nos Manuel Vicente a utilizar a sua influência de modo abusivo para favorecer um amigo, retirando certa empresa de uma lista negra que não se sabia existir na Sonangol, e perdoando essa mesma empresa, cujo crime é desconhecido. Em termos legais, este acto de Manuel Vicente consubstancia um crime de tráfico de influências.

Na sequência desta confissão acerca do tráfico de influências de Manuel Vicente, Rui Tati arrolou-o como testemunha, na sua resposta à tréplica de Eugénio Neto.

E aqui começa o baile.

Segundo informações obtidas pelo Maka Angola, Manuel Vicente pretende vincar as imunidades e prerrogativas que o seu estatuto actual de deputado do MPLA lhe confere. Ou seja, também quer ser ouvido “na praia”. Trata-se da repetição do lamentável episódio do ex-procurador-geral da República, o infame general João Maria de Sousa.

A relação de Eugénio Neto com Manuel Vicente estreitou-se, quando o primeiro era vice-presidente da Espírito Santo Commerce (ESCOM), do Grupo Espírito Santo (GES) e Hélder Bataglia.

O GES detinha 56 por cento do capital do Banco Espírito Santo Angola (BESA). Por sua vez, Manuel Vicente cruzava interesses económicos com o GES no então BESA (actual Banco Económico), do qual era sócio, fazendo parte de um triunvirato, com os generais Kopelipa e Leopoldino Fragoso do Nascimento.(Dino).

A ESCOM esteve associada ao malfadado traficante chinês Sam Pa, que, até há quatro anos, dominou a relação entre Angola e a China e os biliões $  de dólares de financiamentos geridos pelo Gabinete de Reconstrução Nacional, para a recuperação das infraestruturas destruídas durante a guerra.

Os contactos iniciais para o efeito haviam sido promovidos pelo então presidente da ESCOM, Hélder Bataglia, e o traficante internacional de armas Pierre Falcone, do famoso caso Angolagate.

Segundo sabe Maka Angola, Eugénio Neto fez parte da delegação inicial.

por vir ao de cima ?..

Manuel Vicente, como PCA da Sonangol, passou a ser a figura-chave na relação com a China, através deste esquema, ao garantir os pagamentos em petróleo, enquanto o general Kopelipa assumiu a direcção do GRN.

Foi a altura de maior festança na pilhagem dos recursos do país.

Como sempre nestes negócios de grande envergadura e muita opacidade, os esquemas são demasiado confusos e acabam sempre muito mal contados.

Dificilmente um juiz chegará ao fundo da questão.

Mas a verdade sobre o que é essencial acaba sempre por vir ao de cima. 

 Moiani Matondo

 

 3 de Setembro de 2018

Mise en forme : jinga Davixa

O Cabritismo ?.. 

 

BESA : um “cabritismo” altos lugares… altas figuras…e..”V.I.P” ?.. – Cabritta investigadora –

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

KLEPTOCRATIE : Isabel dos Santos attaque en justice,.. le Président de la République d’ Angola,.. João Lourenço…

PORTUGAL : O Manuel Vicente é acusado… de que ?…. de corrupcao ?… ou… de “cabritismo” activo ?…

100% “CABRITISMO” ? : Angola diz que deve 3 BILHÕES $$..a ISRAEL ?.. ISRAEL diz que nao ?..

KLEPTOCRATIE : Isabel avait enregistré Atlantic Ventures au nom de son beau-frère et de sa copine…

OBJECTIF- CABRITISMO : La Sté privée IMEXCO … payait des salaires mensuels au Procureur Général de la République. (João Maria de Sousa !..)

O CRIME : João Maria de Sousa (…agora ex-PGR), escolhe ser ouvido no sua ‘Praia’…

CABRITO-PRESTIGIO : O Prestigio… do “Cabitismo” ?..

ANGOLA : Procuradoria cria gabinete para denúncias de corrupção ?.. e quando pelo “cabritismo” ?..

   Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Corrupcao, Panorama, Uncategorized Etiquetas:

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

Caros leitores  !.. 

. É conspiracão ?..

. É conspiracão ?..

Cabritismo ?.. aos seus lugares…

é ….muita..….muita…..

complote ?

…..

          

  

 desonestidade !.. 

 

Motivos pelos quais Rui Ferreira, Juiz Presidente do Supremo Tribunal,

defende a soltura de José Filomeno Dos Santos.

Está a ser veiculado nas redes sociais um video, onde supostamente são apresentadas algumas das razões

da inesperada mudança de posição do Juiz Presidente do Tribunal Supremo, Rui Ferreira, relativamente a detenção preventiva de José Filomeno dos Santos. 

VIDEO…. VIDEO…. VIDEO... VIDEO…. VIDEO…VIDEO… VIDEO..

VIDEO…. VIDEO…. VIDEO... VIDEO…. VIDEO…VIDEO… VIDEO..

Patilhar este video

Fonte : Wawera

Mise en forme : jinga Davixa – cabritta@cabritismo.info

Cabritismo ?..  BASTA !..

ANGOLA : Juges de la Cour Constitutionnelle, et suspectés d’ exercer la profession d’avocat !.. (en catimini ?..)

LA « CONSPIRATION DES JUGES » : Urgence en Angola, de créér une Commission Présidentielle.. Anti-Corruption…

OLIGARQUIA : La détention de Zénu,.. et le changement du paradigme judiciaire en Angola…

ANGOLA : Conseils pratiques pour prisonniers .. de Luxe .. et autres..”V.I.P” ?.. – Rafael Marquès de Morais

KLEPTOCRATIE : Le général « DINO », commandant du Coup-Politique et illégal à la BESA …

BASTOS-PAPERS : une prison  » RITZ-HOTEL » … pour Jean-Claude Bastos de Morais …

MAKA : Finalement,.. João Maria de Sousa ex-Procureur général de la république, s’est présenté au procès de Rafael Marquès …

KLEPTOCRATIE : Belinha ?.. Pars .. tout simplement !.. – Rafael Marquès de Morais

FAA : Le Laboratoire du général ZÉ MARIA et l’agent portugais …

ESCROQUERIE : Les contradictions et l’agitation du régime…

   Send article as PDF   

Publicado em Banditismo, Cabritismo, investigacoes, Uncategorized Etiquetas: ,

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

 Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

Jornal norte americano revela como Londres travou burla inédita ao BNA…

outubro 10, 2018

Luanda – O “The Wall Street Journal” revelou “como um alerta de um banco de Londres impediu o que podia ter sido um dos maiores assaltos de sempre a um banco central, numa extensa reportagem sobre o Caso 500 milhões $$ de dólares do Banco Nacional de Angola (BNA)”.

..para defraudar o Estado angolano…

Fonte: JA 

Com o título O golpe de 500 milhões de dólares do banco central – e como foi frustrado”, o prestigiado jornal editado em Nova Iorque revela que tudo começou quando um contabilista profissional dirigiu-se a uma agência do banco HSBC Holdings de um subúrbio de Londres, para orientar a transferência de 2 milhões de dólares $para o Japão. O caixa do banco, depois de uma série de perguntas ao contabilista, recusou-se a fazer a operação e, por relatório, informou à gerência do banco.

… num “musseque” de Londres…

O banco britânico rapidamente descobriu de onde tinha saído o dinheiro, porque três semanas antes, em meados de Agosto do ano passado, responsáveis do BNA tinham enviado os 500  milhões de dólares das reservas do país a uma empresa de um modesto contabilista cuja empresa estava só situada entre um café e uma barbearia num “musseque” de Londres.

O jornal, que faz um cruzamento das fontes com documentos da Justiça britânica, refere que o banco descobriu que “o movimento era parte de um complot orquestrado para defraudar o Estado angolano, semanas antes do fim dos 38 anos de poder de José Eduardo dos Santos. A reportagem revela que foram identificados documentos forjados ao estilo das personagens do filme “Oceans Eleven”, e o grupo de pessoas envolvidas incluía um cidadão brasileiro e um engenheiro agrónomo holandês.

De acordo com o “The Wall Street Journal, um dos jornais especializados em economia com maior circulação no Ocidente, o grupo de cidadãos falsários tem ligações com Lisboa, Londres e Luanda, e chegou a ter uma reunião em Luanda com o então Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

De acordo com o jornal, as autoridades judiciais angolanas já processaram judicialmente, entre outros, os cidadãos brasileiro Samuel Barbosa da Cunha, o português José Pontes Sebastião e o holandês Hugo Onderwater, para recuperar 25 milhões de euros, pagos para criar um fundo de garantia que entraria na operação do “golpe” dos 500 milhões, mas que nunca chegou a ser criado.

O jornal escreve que o Es-tado angolano pode ter sido vítima de golpes semelhantes durante décadas por parte de pessoas ávidas de enriquecimento rápido e fácil”.

Perfil de alguns dos envolvidos

José Pontes Sebastião

 O cidadão holandês Hugo Onderwater é engenheiro agrónomo e vive em Portugal. José Pontes Sebastião, português, é amigo de infância de “Zenu” dos Santos. O português José Pontes, magri-nho de 40 anos, é conhecido por nunca carregar sem-pre a sua maleta de documentos, entregando-a sempre ao guarda-costas.

Hugo Onderwater “O Submerso”, 55 anos, é alto, cabelos curtos, com negócios no sector da energia. Os dois já planeavam investir em Ango-la no sector da qualidade ou segurança alimentar.

Samuel Barbosa da Cunha, brasileiro, careca, descreve-se como um especialista em comprar e vender garantias financeiras.

Archer Mangueira, actual ministro das Finanças, é referenciado na reportagem como tendo rejeitado fazer parte da operação. Foi então solicitada a intervenção de Valter Filipe, então governador do BNA. A operação começou com a transferência de 24.8 milhões de euros de uma conta no Commerzbank AG, em Frankfurt, para outra de José Pontes no Banco Comercial Português SA, em Lisboa. Deste dinheiro,

Onderwater recebeu 5 milhões para comprar uma extensa propriedade em Lisboa e outra na Inglaterra.

Outros 2.4 milhões foram para a empresa Bar Trading de Tokyo, do brasileiro Samuel Barbosa da Cunha. Este brasileiro, na rede social sobre profissões LinkedIn, diz que tem mais de 30 anos de experiência no mercado financeiro e é doutorado em Economia pela Universidade de Boston.

A reportagem revela, entretanto, que nãoregisto da sua passagem pela referi-da universidade, citando os arquivos e o porta-voz da instituição de ensino.

Samuel Barbosa deixou Londres em Julho do ano passado. Foi visto pela última vez em Riga (Lituânia). Em Junho último, várias fotos na página do Facebook mostravam Samuel Barbosa a fumar um charuto e outras na classe executiva de um avião.

Todos os envolvidos negam as acusações e referem que agiram com base em contratos assinados.

Estampada na edição de 3 de Outubro do “The Wall Street Journal”, a reportagem é assinada por Margot Patrick, Grabriele Steinhauser e Patricia Kowsmam.

A reportagem do “The Wall Street Journal é ilustrada com fotos do ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos, do ex-governador do Banco Nacional de Angola, Valter Filipe, e do actual, José de Lima Massano, do actual ministro das Finanças, Archer Mangueira, do ex-presidente do conselho de administração do Fundo de Desenvolvimento Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos, e de dois cidadãos estrangeiros.

 Partilhar este artigo

 

10 de Outubro 2018

Mise en forme : jinga Davixa

O Cabritismo ?.. 

 

ESCROQUERIE : .. ET DIRE QUE J.E.S ?.. N’EST TOUJOURS PAS INCULPÉ ?..

CRIMINELS ?… Le problème des dirigeants du MPLA ?… ne pas se soucier, des preuves rassemblées !..

LA « CONSPIRATION DES JUGES » : Urgence en Angola, de créér une Commission Présidentielle.. Anti-Corruption…

http://sosdictature.com/kleptocratie-actuel-ministre-des-finances-pris-dans-un-schema-d-escroquerie-et-de-blanchiment-dargent-archer-mangueira-em-esquema-de-peculato-e-branqueamento-de-capitais-rafael-marques-cabritismo

TRUANDERIE : JES est la « Clé de voûte » … pour la fin du processus d’arnaque… des 500 millions de dollars $…

KLEPTOCRATIE : Isabel dos Santos attaque en justice,.. le Président de la République d’ Angola,.. João Lourenço…

ANGOLA : un banquier proche du pouvoir a pillé 600 millions $$ de dollars …

CABRITISMO : « ceux qui protègent Sobrinho vont vite déchanter !.. »

BESA : um “cabritismo” altos lugares… altas figuras…e..”V.I.P” ?.. – Cabritta investigadora –

ANGOLA : Campagne d’intolérance politique contre… Rui Ferreira,.. Président de la Cour suprême d’ Angola…

ANGOLA : La corruption « destitue et balaye… » les gouvernements,.. mais en Angola ?.. ils s’ éternisent …

   Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Desonestidade, PGR, Uncategorized Etiquetas: ,

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

Caros leitores !..

18 milhões $$ ..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

 

O TERRENO DE TCHIZÉ NO TALATONA: FRAUDE OU FAVORITISMO ?

 

A deputada do MPLA Tchizé dos Santos tem sido virtuosa a animar debates nas redes sociais.

Bem-haja por isso !

Lamentavelmente, apesar das suas ofensivas ruidosas, Tchizé dos Santos auto-incrimina-se, ao invés de demonstrar a sua capacidade enquanto empresária e política.

Em reacção à matéria publicada pelo Maka Angola, a deputada-empresária pôs a circular provas de como obteve o crédito de 250 mil dólares $$ para a aquisição do terreno de 250 mil metros quadrados no Talatona.

Confirma ter vendido o mesmo terreno por 18 milhões $$  de dólares a uma empresa cujo nome afirma ter-se esquecido.

Pela mesma via, a deputada disseminou também a primeira página da certidão do registo predial, confirmando a Luzy Sociedade de Gestão e Negócios Lda. como detentora do direito de superfície do referido terreno.

Com esta postura e a publicação destes documentos, nada abonatórios para a sua ventilada popularidade, Tchizé dos Santos apenas contribui para a descoberta da verdade material.

Vejamos:

Higino Carneiro

A 30 de Junho de 2004, o general Higino Carneiro, na altura coordenador da Comissão Administrativa de Luanda (governador), transferiu os 250 mil metros quadrados para a posse da empresa Luzy, detida em 68% por Tchizé dos Santos.

O “direito de superfície é atribuído a título gratuito, lê-se no documento.

Por sua vez, ao Maka Angola, Tchizé dos Santos disse que tal documento “tinha erros” e que “na escritura final constou o valor pago”. Muito bem !

A certidão do registo predial menciona o valor pago pela Luzy, mas a deputada faz apenas circular a primeira página, omitindo a segunda, onde consta a data de emissão do referido documento.

Porquê ?

Divulga-se o contrato de concessão do crédito de 250 mil dólares, celebrado entre o BAI e Tchizé dos Santos. Contudo, este contrato data de 28 de Setembro de 2005.

Portanto, como enfatizaria Pepetela, o crédito foi aprovado um ano e três meses depois de o título de superfície ter sido concedido! Então, o Estado vendeu – a crédito – e ficou quinze meses à espera de ser pago ?

dois outros elementos reveladores no contrato.

Primeiro, o direito de superfície foi concedido a uma empresa, Luzy, da qual Tchizé dos Santos era sócia maioritária.

Segundo, o crédito foi concedido individualmente a Tchizé dos Santos.

Tchizé emprestou o dinheiro à empresa ? Recebeu depois o dinheiro de volta ? Com juros ? Ou misturou tudo, empresa e Tchizé ?

Tchizé é a empresa, ou a empresa é Tchizé ?

O contrato foi assinado, por parte da Luzy, pelos outros dois sócios. Trata-se dos generais Alfredo Tyaunda e Clemente Conjunto, actual e respectivamente chefe da Unidade da Guarda Presidencial (UGP) e secretário de Estado dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria.

Enquanto oficiais da presidência e sócios, também partilharam dos lucros, ou não?

Ao Maka Angola, Tchizé dos Santos “esclarece que o general Alfredo Tyaunda na altura detinha o direito de usucapião do terreno, porque havia ocupado o mesmo por mais de 20 anos, como local de pasto do seu gado”.

Então, porque é que o terreno não foi concedido a quem tinha o direito de usucapião, ou seja, ao general Tyaunda ?

Porque teve de ser atribuído a Tchizé ?

E, pelo menos nas páginas que Tchizé revelou, não há indícios de qualquer garantia bancária.

Neste caso, se não há fraude, sem dúvida favoritismo.

Como se ia emprestar dinheiro a uma jovem como Tchizé, sem qualquer garantia ?

Não conhecemos jovens que cheguem a um banco, recebam 250 mil dólares e não apresentem garantias: uma hipoteca, um depósito bancário, o aval do pai… Tchizé não terá precisado de nada.

Porquê? Certamente não seria por ser filha do presidente da República…

Pressupõe-se que, nos arquivos onde se encontram os documentos agora divulgados, também deve existir uma cópia do contrato de compra e venda firmado com a tal empresa de cujo nome Tchizé dos Santos já não se lembra.

A sua memória apenas regista o valor da venda : 18 milhões de $$ dólares. Aguardamos também, de qualquer forma, a divulgação deste documento.

É sempre impressionante como só os filhos do então presidente José Eduardo dos Santos, dirigentes do MPLA e seus círculos muito próximos, conseguem fazer estes negócios brilhantes.

Deviam abrir uma escola de negócios na Baía de Luanda, para ensinarem a todos os angolanos a sua arte de fazer negócios.

O país desenvolver-se-ia a uma velocidade extraordinária e Angola teria tantos milionários quanto cogumelos.

Acresce a tudo isto que o general Tyaunda ainda ocupa o mesmo cargo de chefe da Unidade de Guarda Presidencial (UGP), mesmo depois de todas estas trocas e baldrocas. Não paramos de nos espantar !

Saudamos, portanto, a iniciativa da deputada e o seu esforço no sentido de apresentar mais provas e nos elucidar sobre o seu brilhantismo enquanto empresária.

Aguardamos com expectativa mais esclarecimentos da deputada do MPLA.

Bem-haja pelo seu empenho !

 

22 de janeiro 2019 

Partilhe este artigo

 

O Cabritismo ?…

 

 

 

CABRITO-BIC : Chama-se Fernando Telles… apropriou-se de forma ilegal, uma fazenda de 6. 000 hectares,.. pertencente à família do Soba Silva Quinta Vunge …

ANGOLA : Juges de la Cour Constitutionnelle, et suspectés d’ exercer la profession d’avocat !.. (en catimini ?..)

ANGOLA : Tous les corrompus devront aller en prison,.. et ne pas uniquement acquitter ceux qui feront des dénonciations… – Rafael Marquès de Morais.

100% “CABRITISMO” ? : Angola diz que deve 3 BILHÕES $$..a ISRAEL ?.. ISRAEL diz que nao ?..

BANCO-CABRISTIGIO : Tchizé dos Santos “justifica origem”… de fundos para criação de banco…

SINDIKA DOKOLO : .. O…”Oligarq-ismo” .. “Colecionar-ismo”,.. e… e.. “Cabrit-ismo” ?..

LEXUS_TAMOS : O..? Orgasmo dos Vampirosos ?…ou…dos…”Cabritistos” ?…

CARTA ABERTA : Ladrão não pode ser Patrão … ( E.. Patrão ?.. um “CABRITO” .?…)

MIRAMAR : .. O “Bunker” do “Cabritismo” ?..

CABRITO-PRESTIGIO : O Prestigio… do “Cabitismo” ?..

ANGOLA : La corruption « destitue et balaye… » les gouvernements,.. mais en Angola ?.. ils s’ éternisent …

CABRITO-CABRITISMO : Gatuno mau é quem não rouba bilhões,.. & gatuno (bom) é quem rouba bilhões ?..

CABRITO-FUNDO : O Juiz Presidente Rui Ferreira e a conspiracão ?.. do … “Cabritismo” ?..

Ils nous volent tout ce qu’ils peuvent,… ne laissent rien, rien et rien !…

HOJE : Cabritta nos fala sobre seu país angola !… um estado devastado pela.. Corrupcao ?.. e pelo … “Cabritismo” ?..

   Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Desonestidade, Parlamento, Uncategorized Etiquetas:

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

Caros leitores !.. 

Oligarquismo &.. “Cabritismo” ?..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares…

é….muita..….….muita…….

  Conection..

 

Cabrito

Cabrito

 

 

 

desonestidade…  desonestidade !..

 

 

Coleciona-rismo &.. “Cabritismo” ?..

ANGOLANIDADE DO CONGOLÊS SINDIKA DOKOLO É EFÊMERA…

by Página Global  –março 09, 2016

Por Raul Diniz (jornalista)

 

Nos últimos dias temos visto o cidadão zairense Sindika Dokolo a capitanear um grupinho que defende o regime e a idoneidade moral da bilionária sua mulher, Isabelinha dos ovos.

Essa equipe é composta de inúmeros expatriados ao serviço do ditador angolano seu sogro.

**QUEM É AFINAL SINDIKA DOKOLO ?..

DE ONDE VEIO E O QUE JÁ FEZ DE RELEVANTE PARA ALIVIAR O SOFRIMENTO INFLIGIDO AOS ANGOLANOS PELO SEU SOGRO TIRANO ?

Sindika Dokolo não pode ser considerada uma entidade principesca na terra dos angolanos para usufruir de direitos especiais dos quais a maioria absoluta dos angolanos não possui. Quem afinal deu o direito ao estrangeiro oportunista, e marido da filha ladra do presidente corrupto de Angola, para vir a público criticar os angolanos no seu próprio país ?

VOLTO A REPETIR, ANGOLA TEM DONO, E O DONO NÃO É JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, NEM A SUA FILHARADA, ANGOLA PERTENCE AOS ANGOLANOS.

Nada mais constrangedor pode haver para um individuo cuja identidade de sua angolanidade ancestral aborígine, e/ou autóctone se desconhece dentre os filhos de Angola.

Pior ainda, quanto atrevidamente vem insultar um povo que apesar de não conhecê-lo, recebeu-o alegremente, e até o sustenta financeiramente assim como sua mãe, que nunca em momento alguma partilhou sentimentos de dor e sofrimento infringido pelo regime totalitarista, que vigora á 40 anos, desde os primórdios da independência dependente de Angola.

O SINDIKA É CORRUPTO E ELE SABE-O BEM, ESSA AFIRMAÇÃO INEQUIVOCAMENTE VERDADEIRA.

Os angolanos que têm dado voz aos seus irmãos angolanos sem voz conhecem o preço a pagar por defender a Angola profunda hoje marginalizada pelo regime reacionário de JES. Porém, aqueles que sustentam o regime com mentiras e roubos e assassinatos a mistura não sabem o que os espera no fim da linha, nem o que farão com o resultado financeiro do roubo no pós-cova.

O MARIDO CONGOLÊS DA RAINHA DA GATUNAGEM E DO BRANQUEAMENTO DE CAPITAL INTERNACIONALMENTE IDENTIFICADA COMO A 6ª PESSOA MAIS CORRUPTA DO MUNDO, FOI TRANSFORMADO EM ANGOLANO ÀS PRESSAS PELO SOGRO DITADOR.

O colecionador congolês e dono de um enorme acervo de obras africanas não passam de um canastrão mal intencionado e um fala barato descontextualizado da realidade que a Angola profunda vem passando ao longo do consolado do ditador JES. Todos têm conhecimento que ele é um dos muitos estrangeiros, que saqueiam as riquezas de Angola apadrinhadas por José Eduardo dos Santos, presidente da república há quase 37 anos ininterrupto.

O facto de ter sido transformado da noite para madrugada em angolano a margem da lei da nacionalidade, não o torna de maneira nenhum numa pessoa especial dentre os milhões de angolanos por se ter tornado genro do PR, essa situação insólita só acentua ainda mais que o vejam como uma persona não grata aos olhos de todos angolanos naturais, que o receberam de braços abertos.

ANGOLA : OMS ofereceu 11 viaturas no governo,.. para ajudar na vacinação !..

O REGIME ATÉ PODE MATAR O HOMEM COMO TEM FEITO COM MESTRIA E PERFEIÇÃO, PORÉM AS IDEIAS DOS HOMENS DE BOA VONTADE E COM FÉ EM DEUS NUNCA PODERÃO SER ASSASSINADAS, ELAS FICAM PARA SEMPRE COMO PATRIMÔNIO PARA O POVO DO PORVIR.

Assim sendo, é escusado tentar calar-nos, pois, ainda que a lâmina esteja sobre a cabeça dos defensores das liberdades democráticas constitucionalmente proteladas, não será possível calar-lhes, eles podem isso sim morrer, mas, cala-los torna-se deveras impossível, jamais os calarão.

Que fique bem claro, aqui é a nossa terra, aqui nasceu o povo angolano bantu negro, e os demais autóctones (brancos mulatos e pretos).

vendedora de ovos ?..

Não pôde aqui existir divergências, o Sindika é um estrangeiro com voz desautorizada para apregoar ódios contra angolanos natos.

Do mesmo jeito, não pode existir no Zaire, ou seja, na republica democrática do Congo, qualquer angolano casado com alguma congolesa, que propalem precações injuriosas rechiadas de ódios e mentiras contra os donos da terra congolesa. Aliás, o único que até a data se envolveu injustamente na vida dos congoleses é o próprio presidente de Angola, e sogro do Sindika o filho bastardo do Congo Democrático.

 

seus vícios de rapinagem experimentada…

O STATUS DE SINDIKA NÃO LHE DÁ O DIREITO DE AFRONTAR ANGOLANOS AUTÓCTONES NEM MESMO O DE PRONUNCIAR-SE SOBRE ASSUNTOS DE FÓRUM ÍNTIMOS DOS ANGOLANOS ENVOLVIDOS EM RESOLVER AS QUEZILAS DA POLITICA DOMESTICA DO SEU PAÍS.  

Esse cidadão congolês, e sua mulher Isabelinha dos ovos, não têm qualquer domínio da vida politica angolana, eles nem sequer estão inseridos socialmente em qualquer das camadas sociais que compõem o tecido da angolanidade ancestral autóctone. Eles são considerados como intocáveis membros da família real da gatunagem. Para essa gentalha, tudo lhes é possível na obtenção de riqueza ilícita, através daquele que sustentam seus vícios de rapinagem experimentada.

 

OS CIDADÃOS ESTRANGEIROS COMO O HUGO ANDRÉ NOBRE MARIDO PORTUGUÊS DE OUTRA FILHA DE JES, TCHIZE DOS SANTOS, FORAM IGUALMENTE TRANSFORMADOS EM ANGOLANOS A REVELIA DA LEI DA NACIONALIDADE, APENAS PARA SERVIR COMO GUARDIÕES DO DINHEIRO ROUBADO, E Á POSTERIOR LAVADO E ESCONDIDO NO EXTERIOR DE ANGOLA.

Essas senhoras e senhores alcançaram fortuna e alguma fama nacional e internacional pelas piores das razões, por isso não têm credito nem peso politico nenhum, as palavras por eles proferidas em defesa do ditador e do seu regime déspota não surtem mais efeitos como antes faziam, aquando do boom econômico que se revelou efémero. 

Sindika Dokolo veio a terreiro jocosamente afirmar que os angolanos espoliados e roubados até a medula pela família real, deveriam ser mais condescendes com a filha do ditador angolano sua esposa vendedora de ovos, também disse que os angolanos saqueados e sequestrados na sua essência no interior do seu próprio país, deveríamos ser mais objetivos ao falarmos acerca da mulher que ele desposou. A maior parte dos angolanos acha essa fala uma infame infiltração de Sindika nos assuntos internos de uma nação desavinda, e que ousa lutar pela sua unificação. Foi uma enigmática interferência expressivamente arrogante da parte do genro do ditador interferir nos assuntos internos da luta aberta, que todos angolanos em maioria travam contra o regime do presidente JES.

SÓ MESMO O SINDIKA DOKOLO NÃO PERCEBEU AINDA, QUE TUDO O QUE FOI ATÉ AQUI NACIONAL E INTERNACIONALMENTE EM FORMA DE DENUNCIA ACERCA DA CORRUPÇÃO DO SOGRO E DA SUA MULHER LADRA, TRATA-SE DE FACTOS DE LEGITIMA VERDADE OBJETIVA !

Não importa se a pessoa de quem se fala é a esposa ou não do congolês Sindika, os angolanos viram-no chegar à angola com uma mão atrás e a outra afrente. Conhece-se bem, aliás, os angolanos conhecem muito bem quem foi o pai de Sindika, e também seguimos os rastos de sua mãe, do mesmo modo que os cães de caça do regime do seu sogro seguem os passos dos seus opositores e desafetos.

Nenhum dos pais do congolês nacionalizado angolano é ou foi dono de qualquer invulgar riqueza financeira e/ou de infraestruturas.

Investigações jornalísticas profundas foram feitas a respeito e continuam a ser aprofundadas rigorosamente acerca da família Dokolo e os resultados até agora são infelizmente irrisoriamente indesmentíveis.

Não nem nunca houve nenhuma riqueza real invulgar, que se possa corretamente endossar a Dokolo pai, um antigo servidor e apoiante ferrenho do então presidente Mobutu Sese Seko.

A VERDADE, É QUE DO MESMO MODO QUE A FAMÍLIA DE DOKOLO NÃO POSSUIU RIQUEZA ALGUMA, POR SUA VEZ A SUA MULHER IGUALMENTE NÃO É PROVENIENTE DE NENHUMA FAMÍLIA RICA. A FORTUNA DA ISABELINHA DOS OVOS É UTÓPICA.

Na verdade a fortuna bilionária isabelina dos ovos e antiga dona da boate Miami Beach é uma autentica ilusão que começou a ser desmontada a partir dos países que a ajudaram a esconder o resultado do roubo acobertado pelo pai presidente corrupto.

De facto e de direito a Isabelinha dos ovos não passa de uma ilustre ladra e das grandes, pois tal como Sindika Dokolo, a filha de JES não é de família rica nenhuma, seu pai veio para Angola com uma mão afrente e outra atrás, seus avós paternos os angolanos conheceram bem, quanto à mãe da Isabel dos Santos nem é preciso falar do seu estado avançado de pobreza endêmica quando pisou o solo angolano pela primeira vez.

.. filhos do regime ?..

 

O VERDADEIRO MOTIVO QUE LEVA OS ANGOLANOS A INTERROGAR-SE ACERCA DA SITUAÇÃO BILIONÁRIA DA ISABELINA DOS OVOS É MOVIDO PELO INTERESSE DE QUERER SABER  DE ONDE SAIU O DINHEIRO ?QUE A CATAPULTOU AO ESTADO DE BILIONÁRIA, TANTO EM ANGOLA COMO EM ÁFRICA ?

Percebe-se que não existe explicação plausível alguma que justifica o injustificável, esse dinheiro foi surripiado do erário publico controlado diretamente pelo presidente da republica, a Isabel dos Santos é uma das dignas filhas do ladrão seu pai, só que essa dinheirama roubada é pertença de todos os Angolanos esse motivo leva-nos a vigiar persistentemente de perto o destino dado à riqueza pertencente a todos nascidos em Angola. 

Por outro lado, se o Dokolo acha que a mulher dele não deve ser criticada como te sido, é só pedir para que ela que deixe de roubar os angolanos. Ninguém reconhece nessa ladra nenhuma capacidade extraordinária para aparecer como gestora de três grandes projetos nacionais criados especialmente para promover a filha do sinistro pai ditador para futuramente catapulta-la para voos políticos efêmeros idênticos aos do vice-presidente corrupto Manuel Vicente.

fifty / Fifty ?..

 

A DELAPIDAÇÃO DAS RIQUEZAS DO POVO ANGOLANO TEM CAUSADO GRANDE TRANSTORNO AO REGIME TANTO DENTRO COMO FORA DO PAÍS, ONDE O REGIME E O SEU LÍDER TÊM PERDIDO CREDIBILIDADE.

De uma coisa os angolanos agora têm certeza, afinal a família real não é assim tão insensível nem está incólume à vergonha e a dor causada pelas denuncias descritas no club-k. net, por outro lado, também não são imunes às investigações que começam há surgir um pouco por todo lado e que, têm sido prontamente e devidamente divulgadas através do club-k.net, atendendo assim o necessário controlo dos roubos, lavagem e corrupção praticada pelos dirigentes angolanos do MPLA/JES e por todos os filhos do regime.

 

O SINDIKA FILHO DO CONGO PODE TER A CERTEZA, QUE NÃO VAI CONSEGUIR CALAR NUNCA AS VOZES QUE DÃO VOZ AOS OPRIMIDOS DA ANGOLA PROFUNDA.

É terrivelmente vergonhoso, que o genro do presidente da republica venha afirmar aos quatro ventos, que as denuncias sobre a corrupção, os desmandos financeiros e a corrupção desenfreada desenvolvida pelos filhos do regime, é uma coisa sem valor acrescido por tratar-se segundo ele, de pequenos assuntos sem importância alguma para a vida do país, que petulância hein. Só um oportunista da índole desse gavião pode afirmar que defender os jovens revolucionários presos pelo sogro ditador não passam de pequenos e insignificantes problemas!

 

.. filhos do regime ?..

PORQUE O SINDIKA NÃO VAI AJUDAR A LIBERTAR O POVO CONGOLÊS AO INVÉS DE QUERER IMISCUIR-SE EM ASSUNTOS DOS QUAIS NÃO ESTÁ TALHADO E DE NADA SABE NEM PERCEBE ?

Os autóctones angolanos não recebem de maneira nenhuma aulas sobre democracia de Sindika nem da sua mulher gatuna. Democracia significa respeito e liberdade, estado de direito significa trabalho e oportunidades iguais para todos os cidadãos, os angolanos não possuem nem de perto nem de longe nenhum desses criteriosos direitos, que são a alavanca para que qualquer democracia resplandeça.

 

.. filhos do regime ?..

INFELIZMENTE EM ANGOLA, O SOL NASCE APENAS PARA A FILHARADA DO DITADOR E SEUS CÔNJUGES, E PARA OS SEUS COLABORADORES E AMIGOS APOIANTES DO REGIME.

O país precisa de se encontrar no dialogo franco e aberto, os angolanos estão desavindos e com feridas profundas, que com o andar da carruagem elas jamais serão facilmente saradas. O que menos se deseja em Angola é ouvir angolanos de índole duvidosa como Sindika, angolanos de 5ª categoria vir a publico com alegóricas falas desconexas de 6ª categoria na vã tentativa de persuadir o povo a deixar de lutar pelos seus direitos.

Apesar de Angola encontrar-se fortemente controlado por uma máfia negreira chefiada pelo ditador sanguinário sogro de Sindika, isso não lhe permite tecer considerações contra angolanos desavindos com JES e com o seu regime, e muito menos pôde vir dizer aos angolanos o que devem ou não fazer e/ou se devem ou não criticar o regime e JES.

 

O POVO NATURAL DESSA TERRA NASCEU AQUI MESMO NOS LIMITES DE DESSA PORTENTOSA TERRA AFRICANA. ANGOLA NÃO É PROPRIEDADE DE SINDIKA NEM A SUA ESPOSA EM ESPECIAL, DEUS DEU ESSA TERRA A TODOS QUANTOS NELA NASCERAM E A TODOS QUE A AMAM E RESPEITEM OS DONOS DELA, OS ANGOLANOS.

Não foram os feiticeiros congoleses que presentearam os angolanos com essa terra rica, ela foi deixada por Deus aos nossos antepassados, e todos os nossos antepassados eram angolanos de gema.

 

Partilhar este artigo

 

Mise en forme : jinga Davixa – contact@franceangola.com

Imagem de destaque : outro interview de Sindika Dokolo – “os próximos oligarcas serão africanos”…

O Cabritismo ?.. 

 

 

 

ANGOLA : Conseils pratiques pour prisonniers .. de Luxe .. et autres..”V.I.P” ?.. – Rafael Marquès de Morais

CABRITISMO : José Filomeno dos Santos da Entrada para Cadeia do São Paulo, juntamente com Jean-Claude Bastos de Morais. (Em actualização)

ISABEL DOS SANTOS & SINDIKA : Diamonds for ever ?..

CABRITO-CONCESSÃO : para uma compensação ??.. por prejuízo ??…xx.. em bilhões.. de $$..

ANGOLA : Ces « Messieurs », seraient déjà démis de leurs fonctions, et arrêtés ! (dans certains pays occidentaux… ) – II

LUXO : Até viagens de Sindika à Moscovo eram pagas pela Sonangol …e pelo “cabritismo”…

CABRITISMO : La Sodiam entreprise (publique) de diamants quitte le négoce (privé)…de bijoux d’Isabel dos Santos… – Angola24horas-

UNITEL : Isabel dos Santos, lors de son Procès à Paris…Défaillance ?..ou Amnésie chronique ?..

RDC CONGO : 1 AN (12 MOIS) DE PRISON, POUR SINDIKA DOKOLO, GENDRE DE JOSÉ ÉDUARDO DOS SANTOS – PRÉSIDENT DE L’ANGOLA

ANGOLA : Ministro quer entrega e abnegação da polícia no combate à corrupção,… e.. O… “Cabritismo” ?..

CABRITO-LEXUS : Viaturas para Deputados angolanos,.. custam quase 12 milhoes €€ de Euros !..

SONANGOL : Isabel dos Santos….claque des fortunes à londres !

ANGOLA : LUNDA-NORTE EST EN DEUIL,.. LE RÉGIME CONTINUE D’ ASSASSINER …

KLEPTOCRATIE : José de Lima Massano,.. L’actuel gouverneur de la Banque nationale d’Angola (BNA),.. complice du pillage et du saque,.. de la B.E.S.A,.. (entre autres…)… (« Cabritsmo ?.. »)…

OPÉRATION-CABRITISMO : Zenú et Jean-Claude sont arrêtés,.. et dorment bien en prison …

Ils nous volent tout ce qu’ils peuvent,… ne laissent rien, rien et rien !…

ANGOLA : LUNDA-NORTE EST EN DEUIL,.. LE RÉGIME CONTINUE D’ ASSASSINER …

LUXO : … E por falar na De Grisogono, Isabel e Sindika…na “cabritismo”…

OLIGARQUIA : La détention de Zénu,.. et le changement du paradigme judiciaire en Angola…

ZENU : O “Cabritismo” ?.. num “musseque” de Londres ?..

DIAMANTS : Les Russes évaluent la mine de Luaxe à 35 milliards $.

Le Contrôle du diamant, la « trêve fragile » entre José Eduardo dos Santos et João Lourenço, menacée.

CABRITO-CONCESSÃO : para uma compensação ??.. por prejuízo ??…xx.. em bilhões.. de $$..

SINDIKA DOKOLO POURSUIVI A KINSHASA – (RDC CONGO) – POUR FAUX ET STELLIONAT

MANUEL VICENTE : O “Cabritismo” … a tudo vapor ?..

SINDIKA DOKOLO CONDAMNE A 12 MOIS DE PRISON A KINSHASA-RDC CONGO.

KLEPTOCRATIE : Belinha ?.. Pars .. tout simplement !.. – Rafael Marquès de Morais

 

   Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Desonestidade, Fuga ao fisco, Uncategorized Etiquetas:

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

Caros leitores !..

.. Coercivo ?..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

                           é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

 

Bancos portugueses identificam clientes e investidores angolanos

Lisboa O Banco de Portugal mandou identificar todos os clientes angolanos e todos os investidores com exposição ao mercado angolano que têm contas em bancos portugueses.

Fontes : Club-k |CM/Vivencias Press

Também a Procuradoria-Geral da República portuguesa admite estar a prestar informações às autoridades angolanas sobre cidadãos angolanos.

A decisão do Banco de Portugal surge na sequência do normal exercício de supervisão e não está relacionado com qualquer pedido do Banco Nacional de Angola.

.. Coercivo ?..

Mas a poucos dias da visita do Presidente de Angola, João Lourenço, a Portugal volta à actualidade o património de cidadãos angolanos em Portugal. Agora, enquadrado pela aprovação, a 26 de Outubro,

da Lei sobre o Repatriamento Coercivo e Perda Alargada de Bens, que permitirá ao Estado angolano, a partir de 2019, congelar os bens dos seus cidadãos que foram adquiridos de forma irregular noutros mercados.

Recorde-se que Portugal foi durante anos o destino privilegiado do investimento de vários angolanos ligados ao aparelho liderado por José Eduardo dos Santos, particularmente no imobiliário.

Exemplo disso é o chamado “Prédio dos Angolanos”, uma urbanização de luxo no Estoril.

.. Coercivo ?..

O Correio da Manhã questionou a PGR portuguesa sobre se o Governo angolano ou as autoridades judiciais angolanas solicitaram às autoridades portuguesas colaboração para a obtenção de informação que identifique os capitais existentes em Portugal para posterior repatriamento e se já foi prestada alguma informação.

A PGR portuguesa confirmou que “o Ministério Público de Portugal tem satisfeito as solicitações que o Ministério Público de Angola lhe tem endereçado e que as relações entre ambos “desenvolvem-se […] no quadro da cooperação judiciária internacional” e no respeito pelas “convenções e acordos” que ambos os países assinaram .

O que significa que Portugal pode, a pedido de Angola, congelar contas bens de angolanos.

 

O “Prédio dos Angolanos” no Estoril

Manuel Vicente foi um dos muitos compradores que em Portugal não escapou às suspeitas de branqueamento de capitais, depois de ter adquirido um imóvel nessa urbanização. O mesmo aconteceu com a compra de outros dois apartamentos pelos generais Dino e Kopelipa.

O inquérito acabou arquivado pela Justiça portuguesa. Os proprietários dos apartamentos no “Prédio dos Angolanos” no Estoril são : Álvaro Sobrinho: O empresário e ex-presidente do BESA adquiriu sete apartamentos, tendo gasto no total 9,78 milhões de euros.

 

BESA : um “cabritismo” altos lugares… altas figuras…e..”V.I.P” ?.. – Cabritta investigadora –

 

*-* Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino: O general foi uma das figuras mais influentes no aparelho liderado por José Eduardo dos Santos, é um dos principais acionistas do grupo de comunicação social Medianova ( proprietário da TV Zimbo, Rádio Mais e O País), sendo considerado como detentor de uma das maiores fortunas do país .

Tem um apartamento no décimo -terceiro andar do edifício e terá gasto 2,52 milhões de euros para o adquirir.

 

*-* Luísa de Fátima Giovetty : Esposa do general Hélder Vieira Dias “Kopelipa”, tem dois apartamentos em seu nome ( no nono e décimo-quarto andares), terá gasto 6,4 milhões de euros na compra dos referidos imóveis.

 

*-* José Pedro de Morais Júnior: Ex-ministro das Finanças, o também antigo antigo governador do Banco Nacional de Angola, tem seis apartamentos no edifício. Terá investido o valor de 10,1 milhões de euros na compra dos referidos imóveis.

 

*-* Manuel Rabelais : Antigo ministro da Comunicação Social e também responsável pela comunicação institucional de José Eduardo dos Santos. Foi o mentor do Grecima (Gabinete de Revitalização e Execução da Comunicação Institucional e Marketing da Administração), uma espécie de “Gestapo” na comunicação social angolana, tendo sido extinta por João Lourenço a 17 de Outubro de 2017. Deu entrada para a compra de um imóvel no valor de 2,78 milhões de euros (fica no décimo-terceiro andar). Pagou um sinal de 278 mil euros, como não cumpriu o contrato promessa de compra e venda, perdeu o valor para a FUND BOX.

 

*-* Manuel Vicente : o exvice-presidente de Angola tem um apartamento do “Prédio dos Angolanos” e terá gasto o valor de 3,83 milhões de euros na compra do referido imóvel ( está situado no nono andar).

São um total de 18 apartamentos pertencentes a um grupo seis figuras angolanas, situados no empreendimento Estoril Sol Residence e para o qual terão gasto no total 35,41 milhões de € euros.

ANGOLA : é para quando ?.. o flagrante delit ? de roubo de dinheiro …e de… “Cabritismo” ?…

De recordar que o apartamento mais barato no Estoril Sol Residence custa 926 mil euros (um T1) e o mais caro tem o preço de 3,83 milhões de euros (T5 +1).

November 27, 2018  

Club-K

Mise en forme : jinga Davixa – contact@franceangola.com

O Cabritismo ?.. 

 

CABRITO-BIC : Chama-se Fernando Telles… apropriou-se de forma ilegal, uma fazenda de 6. 000 hectares,.. pertencente à família do Soba Silva Quinta Vunge …

CRIMES : Ministro do Interior apela à denúncia de crimes económicos para combater corrupção,…e..O “cabritismo” ?..

LEXUS_TAMOS : O..? Orgasmo dos Vampirosos ?…ou…dos…”Cabritistos” ?…

KLEPTOCRATIE : un (une) « kleptocrate »  ne peut être promu(e) … Ni ministre, ni dirigeant(e),..  ni xxx..x.. et … ni Vice-xxx..x…..

SINDIKA DOKOLO : .. O…”Oligarq-ismo” .. “Colecionar-ismo”,.. e… e.. “Cabrit-ismo” ?..

JUSTICE : Comment rapatrier les $ millions,.. et les millions $$ d’ Estoril .. au Portugal ?..

CABRITO-HIGINIO : É iminente à possiblidade de Higino Carneiro, ser aconchegado pela PGR ?..

ANGOLA : Conseils pratiques pour prisonniers .. de Luxe .. et autres..”V.I.P” ?.. – Rafael Marquès de Morais

JES : Le parrain de la corruption,.. doit lui aussi, être entendu par la justice…

JOÃO-LOURENÇO … ET LE PROTOCOLE DE MALABO … ALORS ??.

CABRITISMO : « ceux qui protègent Sobrinho vont vite déchanter !.. »

CABRITO-LEXUS : Viaturas para Deputados angolanos,.. custam quase 12 milhoes €€ de Euros !..

LUNDA NORTE : Cafunfo en État de Siège,.. des Manifestants sous le Feu de l’ Armée,.. et de la POLICE …

CHUVA : Ela esta no meio de nos !..- depois da.. $$..chuva.. $$… chegará o momento da repatriação !… do capital $$…

CRIMINELS ?… Le problème des dirigeants du MPLA ?… ne pas se soucier, des preuves rassemblées !..

ANGOLA : « Il peut y avoir pardon,.. mais l’argent expatrié doit être restitué à l’Etat, sans conditions » – Pr. Fernando Macedo –

CABRITTA : Conselhos praticos para presos de luxo… e ..outros .. “V.I.P” : .. BASTA de “Cabritismo” ?..

Contact

   Send article as PDF   

Publicado em Corrupcao, investigacoes, Uncategorized Etiquetas: ,

Maio 11th, 2019 Por Kwaradio

Caros leitores !..

1 xxx..milhoes €€…

Cabritismo ?.. aos seus lugares

                           é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

     …desonestidade !..

 

CONSELHOS PRÁTICOS PARA PRESOS DE LUXO

O meu primero conselho é simples também: devolvam o dinheiro e os bens roubados ao povo, de forma voluntária e patriótica.

Estou aqui para vos defender também, caso os vossos direitos sejam violados na cadeia.

O meu segundo conselho é simples também: devolvam o dinheiro e os bens roubados ao povo, de forma voluntária e patriótica.

Estou aqui para vos defender também, caso os vossos direitos sejam violados na cadeia.

ANGOLA : Conseils pratiques pour prisonniers .. de Luxe .. et autres..”V.I.P” ?.. – Rafael Marquès de Morais

ESTORIL SOL RESIDENCE : ..alto lugar … do “Cabritismo” angolano…

ANGOLA : une Église inféodée, est identique à une église sans foi.

100% “CABRITISMO” ? : Angola diz que deve 3 BILHÕES $$..a ISRAEL ?.. ISRAEL diz que nao ?..

Patilhar este artigo

 

Mise en forme : jinga Davixa – cabritta@cabritismo.info

O Cabritismo ?..  BASTA !..   BASTA !..

   Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Uncategorized Etiquetas: ,

Partilhar
Partilhar