Março 11th, 2018 Por cabritta

Caros leitores  !..

Cabritismo ?.. INTERNACIONAL ?..

é .muita..muita.….….muita…….

             …………………..desonestidade !.. 

O Banco Espírito Santo Angola (BESA) enfrenta actualmente graves problemas financeiros causados por créditos malparados na ordem dos US $ 6.5 biliões (mil milhões em Portugal), incluindo US 1.5 bilião em juros, apurou o junto de fontes fidedignas.

Paulo Kassoma & Higino Carneiro..?

Nando Président de l’Assemblée 

Durante a gestão de Álvaro Sobrinho, na qualidade de presidente da comissão executiva (2002-2013), o BESA dedicou-se a distribuir créditos de valores astronómicos, maioritariamente a conhecidasfiguras do regime angolano,incluindo vários membros do Bureau Político do MPLA. Desde, 2013, o presidente do Conselho de Administração do BESA é um membro do Bureau Político do MPLA, António Paulo Kassoma, que exerceu os cargos de primeiro-ministro epresidente da Assembleia Nacional…

ANGOLA : Ces « Messieurs », seraient déjà démis de leurs fonctions, et arrêtés ! (dans certains pays occidentaux) – II

Segundo informações acedidas pelo Maka Angola,os créditos do banco destinados ao próprio Álvaro Sobrinho, como principal beneficiário, ascendem a perto de US $ 200 milhões.. O banco quer agora recuperar esse empréstimo.

..uma Platinum Card ??..

Por sua vez, Eugénio Neto “Geny Neto”, vice-presidente da Espírito Santo Commerce (Escom) em Angola, é apontado como tendo sido o “facilitador” na concessão de empréstimos à cúpula do MPLA. Contas feitas, também recebeu empréstimos do BESA no valor de US $ 500 milhões.

altas figuras ..e..V.I.P

Os empréstimos concedidos pelo BESA a altas figuras do regime são actualmente considerados como “activos tóxicos, pela elevada improbabilidade de serem pagos. A extensão do buraco financeiro criado por Álvaro Sobrinho apenas se tornou conhecida, mesmo pela sede do Banco Espírito Santo (BES)em Portugal, após o termo do mandado do então presidente da comissão executiva.

..uma garantia soberana ?..

 Recentemente, para evitar o colapso do banco, o governo angolano teve de conceder uma garantia soberana ao BESA destinados à cobertura dos créditos concedidos à nomenklatura...

é nossa nomenklatura ??..

Tanto a administração do BESA como o seu accionista maioritário, o BES (com 51.94%),, têm estado a gerir a referida crise e o escândalo que ela envolve com um certo secretismo. Há o receio de que uma fuga de informação possa comprometer, a nível internacional, a já frágil imagem do Banco Espírito Santo.

valores astronómicos ?..

A exposição pública desta actual crise do BESA pode igualmente afectar a credibilidade do Banco Valor, recentemente adquirido por Álvaro Sobrinho, após ter saído da presidência do BESA. O bancário, segundo apurou Maka Angola, encontra-se a viajar pelo estrangeiro em busca de eventuais parceiros para a sua nova empreitada.

Para evitar a degradação da imagem externa da banca nacional, à qual está indexada a actividade da sua unidade de supervisão, o Banco Nacional de Angola também tem recorrido ao secretismo para lidar com o caso BESA.

recorrir ao secretismo ?

   Em Portugal, Álvaro Sobrinho é arguido num processo intentado pelas própriasautoridades angolanas, por alegada cumplicidade no desvio de US $ 137 milhões do Banco Nacional de Angola.

recorrir ao secretismo ?…

Álvaro Sobrinhodetém, além disso, investimentos significativos na comunicação social. Em Portugal, é proprietário do jornal Sol ede 15% da Cofina, por sua vez proprietária do Jornal de Negócios do Correio da Manhã. O bancário detém ainda acções na Impresa, proprietária da estação televisiva SIC e do semanário Expresso. Em Angola, Álvaro Sobrinho é dono dos semanários Novo Jornal e Agora, entre outros bens. 

..filantropo africano ?..

Nos últimos anos, Álvaro Sobrinho tem procurado projectar-se na arena internacional como um grande homem de negócios e filantropo africano.

Por exemplo, é co-fundador e presidente do PlanetEarth Institute, uma organização filantrópica que conta entre os seus trustees com o lorde Paul Boateng ,membro da Câmara dos Lordes da Grã-Bretanha, e com Sir Christopher Edwards , presidente do Chelsea & Westminster Hospital e do Fundo do Sistema de Saúde Nacional da Grã-Bretanha.

Cabritismo ?.. INTERNACIONAL ?.. BASTA !..

SAUDE : Todos no Luanda, Procuramos a ajuda do Navio-Hospital Chinês…

MAURITIUS PAPERS : Álvaro Sobrinho,.. une Platinum Card,.. de folles dépenses,.. et des bijoux,.. pour Madame la Présidente !..

Cabritismo ?..  BASTA !..

Email : cabritta@cabritismo.info

en.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Carneiro-rismo, Desonestidade, Parlamento Etiquetas: , ,

Março 10th, 2018 Por cabritta

Caros leitores  !..

basta !.. basta !..

Cabritismo ?.. INTERNACIONAL ?..

é .muita..muita.….….muita…….

             …………………..desonestidade !.. 

A Presidente da República da Maurícia, Ameenah Gurib-Fakim, envolvida num escândalo financeiro, vai demitir-se após as cerimónias do 50.º aniversário da independência a 12 de março, anunciou hoje o primeiro-ministro, Pravind Jugnauth.

“A Presidente da República disse-me que vai demitir-se das suas funções. Chegámos a acordo sobre a data da saída, mas não a podemos ainda anunciar“, declarou Jugnauth à imprensa.

A partida da única mulher chefe de Estado em África ocorrerá “pouco depois das celebrações do 50.º aniversário da independência”, a 12 de março, e antes do reinício dos trabalhos no parlamento, no final do mês, adiantou.

CORRUPTION : … IL ÉTAIT UN CLOWN.. $$… NOMMÉ « RAPATRIEMENT DE CAPITAUX » ..$$… EN ANGOLA ?..

Jugnauth considerou ainda queem primeiro lugar está o interesse do país“.

Ameenah Gurib-Fakim, 58 anos, ocupa desde junho de 2015 a função honorífica de Presidente da República da Maurícia, tendo sido a primeira mulher a ocupar o posto no país.

Bióloga reconhecida internacionalmente, Gurib-Fakim tem sido alvo de pressão, devido a acusações de que utilizou um cartão bancário fornecido por uma organização não-governamental para fazer compras pessoais.

Álvaro Sobrinho !..

O caso foi revelado há 10 dias pelo jornal local Express, que publicou documentos bancários.

Segundo o diário, a ONG em causa é o Planet Earth Institute, financiada pelo milionário angolano Álvaro Sobrinho, que está a ser investigado por suspeitas de irregularidades em Portugal.

O Express indicou que Gurib-Fakim utilizou o cartão  (bancario) para fazer compras no estrangeiro no valor de pelo menos 25.000  euros. 

A República da Maurícia tem o estatuto de observador associado da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. ( C.P.L.P)

 09 Março 2018  – 22:01

 

Cabritismo ?.. INTERNACIONAL ?… BASTA !..

KILAMBA : Made in Angola ?.. ou… Made in “Cabritismo” – Land ?..

MAURITIUS PAPERS : Les milliards « cachés »… des princes angolais – par Nad Sivaramen

LE « CABRITISMO » BANCAIRE : ÉPICENTRE L’ANGOLA, COMME LE VEUT LA … TRADITION…

CORRUPTION : … IL ÉTAIT UN CLOWN.. $$… NOMMÉ « RAPATRIEMENT DE CAPITAUX » ..$$… EN ANGOLA ?..

CABRITTA 2018 : Vamos viver oportunidades em Angola,..para se afastar definitivamente,.. da brutal opressão do “Cabritismo” !..

Cabritismo ?.. INTERNACIONAL ?… BASTA !..

ANGOLA : LE « BANDITISME D’ÉTAT » SERA COMBATTU – Raúl Danda -UNITA

Cabritismo ?.. INTERNACIONAL ?… BASTA !..

E_mail : cabritta@cabritismo.info

PDF24    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Corrupcao, Desonestidade, Fuga ao fisco, Objetivo 2018 Etiquetas: , ,

Partilhar
Partilhar