Agosto 12th, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….  

  Conection..

Cabrito

desonestidade !..          

desonestidade !..

desonestidade !..

Zenu transfere-se para a morada do pai no Miramar –

 

Rui Verde

“Justiça lenta” no caso dos 5 mil milhões do Fundo Soberano…

 Agosto 6, 2018

Por DW

“Novela” em torno do Fundo Soberano de Angola continua.

Para jurista Rui Verde, José Filomeno dos Santos e Jean-Claude Bastos de Morais continuarão a ser protegidos enquanto sistema jurídico-legal não for desmanchado”.

José Filomeno dos Santos e Jean-Claude Bastos de Morais

A gestão do Fundo Soberano de Angola (FSDEA) tinha sido entregue pelo antigo Presidente José Eduardo dos Santos ao próprio filho José Filomeno dos Santos (Zénu).

O Procurador General da Republica

Entretanto, o Presidente João Lourenço afastou José Filomeno dos Santos do cargo e a justiça angolana tem estado a investigar a sua gestão, seguindo o rasto do dinheiro. Dois dos 5 mil milhões de $ dólares já foram recuperados pelos novos gestores do Fundo.

Mas restam ainda 3 mil milhões no estrangeiro, que o Governo angolano pretende recuperar.Esta semana soube-se que os 3 mil milhões de dólaresque a Quantum Global geria em representação do Fundo Soberano de Angola foram desbloqueados por ordem da justiça britânica.

  ..existirem contratos assinados ?..

A informação consta de um comunicado da Quantum Global, no qual o fundador da empresa, o suíço-angolano Jean-Claude Bastos de Morais, amigo pessoal de Zénu, e que está também a ser investigado pela justiça angolana no âmbito deste processo, refere que o juiz de um tribunal inglês retirou “a ordem de congelamento na sua totalidade daqueles investimentos do FSDEA.

Em entrevista à DW África, Rui Verde, professor e especialista em política angolana, explica que o “problema essencial” deste caso prende-se com o facto de existirem contratos assinados pelo antigo Presidente de Angola que “legitimam a entrega” destes montantes.

Para este analista, “a justiça angolana está a ser muito lenta, pois não confronta ninguém com o vigor legal.

DW África: Como interpreta a recente notícia do descongelamento dos 3 mil milhões de dólares a favor da Quantum Global ?

Rui Verde (RV): Quer dizer o seguinte: numa primeira fase, em abril deste ano, a justiça britânica tinha congelado a pedido do Fundo Soberano de Angola, da nova direção nomeada por João Lourenço, esses 3 mil milhões, debaixo da gestão do Jean- Claude Bastos de Morais e a justiça britânica tinha feito esse congelamento. Depois, o Jean-Claude e a Quantum reagiram e fizeram o que se pode chamar de recurso a essa primeira decisão, e então veio um tribunal inglês descongelar o que tinha sido congelado em abril [de 2018].

DW África: Quer isso dizer que uma grande parte do Fundo Soberano de Angola está ainda e continuará em Inglaterra?

RV: Aparentemente havia 5 mil milhões, o Governo angolano diz que recuperou 2 mil milhões e 3 mil milhões estão com Jean-Claude Bastos de Morais. Se estão em Inglaterra ou noutras jurisdições não é claro, porque também corre um processo semelhante nas ilhas Maurícias. O que a jurisdição inglesa permite é emitir ordens mundiais de congelamento, digamos assim, e é por isso que ela é utilizada com frequência. Mas em resumo, 3 mil milhões de dólares do Fundo Soberano voltam a estar nas mãos do Jean-Claude Bastos de Morais.

DW África: Como é possível tanto dinheiro ser entregue ao filho do então ex-Presidente, ou neste caso, a um colega de juventude, ao suíço-angolano Jean-Claude Bastos de Morais?

RV: Este é o problema essencial e é o que esta decisão inglesa agora reflete. Os contratos que legitimam essa entrega existem, ou seja, não foi uma entrega por baixo da mesa, e esse é o grande problema, porque quem é que deu origem e autorização a esses contratos? Foi o antigo Presidente José Eduardo dos Santos. Portanto, agora o que temos aqui é um novelo formal que o antigo Presidente criou e que o novo Presidente João Lourenço terá dificuldade em desfazer nos tribunais.

DW África: A justiça angolana estará preparada para desfazer este imbróglio, para investigar e recuperar o dinheiro que é do povo angolano?

RV: Não está e esse é um dos grandes problemas. Quando há estes grandes casos noutros países, como nos Estados Unidos, ou em Portugal, a justiça atua segundo aquilo que se pode chamar um modelo “big bang”, vai utilizando a lei, mas vai diretamente à pessoa, e ao mesmo tempo gera uma série de mecanismos. Geralmente aplica prisão preventiva, congela bens ou faz uma acusação, portanto, a pessoa é imediatamente confrontada com o peso do Estado. O que se está a passar em Angola é que há muitos discursos, há muitas notícias nos jornais, mas a justiça angolana está a ser muito lenta, não confronta ninguém com o vigor legal. Ou não quer ou não está preparada para, de facto, ir ao cerne das questões.

DW África: Correm notícias de que José Filomeno dos Santos, o antigo presidente do conselho da administração do Fundo Soberano, e também Jean- Claude Bastos de Morais, estão a ser investigados em Angola. O que é que isso significa ?

RV: O que a Procuradoria-Geral da República angolana anunciou é que corre uma investigação contra eles em Angola, mas eles estão em liberdade. Foi-lhes tirado o passaporte, portanto não podem sair de Angola.

DW África: E esses indivíduos estão a ser protegidos por alguma parte do aparelho de Estado de Angola?

RV: Eles estão a ser protegidos por toda a legislação e por todos os contratos que o pai, o Presidente José Eduardo dos Santos, fez. Essa é a grande proteção deles e enquanto esse sistema jurídico-legal não for desmanchado, eles terão sempre uma proteção. Se essa proteção agora se está a estender também a forças já descontentes no atual regime, é possível. Neste momento, assiste-se obviamente a um confronto, por um lado entre João Lourenço, e por outro lado entre os filhos do Presidente, quer seja a Isabel dos Santos, quer seja o José Filomeno dos Santos. Isso é claro, mas na realidade quem está no fim da linha é o antigo Presidente, foi ele que assinou os papéis.

DW África: José Eduardo dos Santos ainda é Presidente do partido no poder em Angola, o MPLA, mas deixará de sê-lo no dia 8 de setembro, ao que tudo indica…

RV: Se chegamos a setembro nesta situação, até pode eleger João Lourenço como presidente do MPLA, mas obviamente é um presidente fragilizado.

 

Mise en forme : jinga Davixa

Partilhe este artigo

Por DW –  Agosto 6, 2018

O “Cabritismo” ?.. BASTA !..

Autoridades judiciais com o desafio de notificar Zenu no “bunker” do Miramar…

 

À propos de nous

TRUANDERIE : JES est la « Clé de voûte » … pour la fin du processus d’arnaque… des 500 millions de dollars $…

KLEPTOCRATIE : Comment ces Messieurs au pouvoir en Angola,.. ont-ils pu détourner des milliards €€ d’euros vers le Portugal ?..

La Mafia au « poleiro » (MPLA), l’unique organisation criminelle, véritable, que connait l’Angola.

KLEPTO-CABRITISMO : José Filomeno dos Santos, “Zenu”, ouvido na PGR no Luanda …

Contact

ANGOLA : LUNDA-NORTE EST EN DEUIL,.. LE RÉGIME CONTINUE D’ ASSASSINER …

RÉPRESSION : un opposant dénonce en angola,.. des méthodes qui rappellent l’apartheid…

DICTATURE : Le président du Parlement « NANDÓ »  veut en finir avec les réseaux sociaux en angola…

ANGOLA : L’escapade présidentielle,.. le FRIC.. c’est CHIC !..

KLEPTOCRATIE : Les autorités angolaises ont saisi les comptes bancaires,.. de personnalités politiques de « haut rang »… Higino Carneiro,.. Manuel Rabelais,..

CABRITO-HIGINO : O … “higiênio” do “cabritismo”… afinal ?..

Create PDF    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Corrupcao, investigacoes, PGR Etiquetas: , , ,

Junho 8th, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

Cabrito – Conection..

Cabritismo ?.. aos seus lugares

é….muita..….….muita…….

  Conection..

Cabrito

  desonestidade !..

ÚLTIMA HORA – Zenu ouvido na PGR

POLÍTICA

José Filomeno dos Santos, “Zenu”, o antigo presidente do Fundo Soberano dmalversação de fune Angola (FSDEA) que em Março último foi constituído arguido 

 por alegada dos, foi novamente ouvido terça-feira última, 29, nas instalações da Procuradoria-Geral da República (PGR).

 

A informação foi dada ao Correio Angolense por fonte da PGR que preferiu não ser identificada. De acordo com a fonte, o filho varão do ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos foi ouvido durante cerca de 7 horas por 6 magistrados da Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) e do Gabinete de Corrupção da PGR.

Ampanhadoco pelos seus advogados, Benja Satula e Bangula Kemba, “Zenu” foi confrontado com várias provas comprometedoras em posse dos magistrados, particularmente documentos de natureza diversa.

Além do já propalado processo dos USD 500 milhões $$, terá sido igualmente confrontado com provas que indiciam a prática de outros actos ilegais.

.. passara a viver com o pai ?..

Nos últimos dias, pairava no ar forte enigma sobre como a PGR faria chegar uma nova notificação a Zenu dos Santos que passara a viver com o pai, José Eduardo dos Santos, na residência deste,

uma mansão localizada no Miramar.

Com termo de identidade e residência, bem como proibição de se ausentar do país, o antigo presidente do Fundo Soberano de Angola viu a sua situação piorar na semana passada.

Jean-Claude Bastos de Morais, o suíço-angolano que é seu principal sócio no Quantum Global, também foi indiciado e sujeito a idênticas medidas de coação.

É acusado de malversaçãode cerca de 3 bilhões dos activos do FSDEA.

Junta-sea tudo isso o facto de a nova administração do FSDEA ter decidido, finalmente, avançar para uma auditoria independente às contas do exercício de 2017.

O  Cabritismo” ?..  BASTA !..

31 de Maio de 2018

Mise en forme : jinga Davixa

PDF24    Send article as PDF   

Publicado em Corrupcao, Desonestidade, investigacoes Etiquetas: , , ,

Janeiro 28th, 2018 Por cabritta

Caros leitores ….

Um grupo de oficiais britânicos da Brigada Internacional Antifraude esteve na semana passada em Luanda para investigar os contornos e a legalidade de um caso que envolveu, em setembro, a transferência fraudulenta para Londres de 500 milhões de $ através do Banco Nacional de Angola (BNA). 

No epicentro da operação sob suspeita está José Filomeno dos Santos (Zenu), filho do antigo Presidente de Angola

O valor foi congelado depois de se ter apurado a falsificação da assinatura do presidente-executivo do Crédit Suisse e de terem sido detetadas irregularidades processuais.

No epicentro da proposta desta operação está José Filomeno dos Santos (Zenu), o filho mais velho do antigo Presidente, coadjuvado por Jorge Pontes Sebastião. Ambos são sócios na Inpal — Investimentos e Participações Lda. (José Filomeno dos Santos com 75% e Pontes com 25%), detentora de 49% do Standard Bank Angola.

“Jorge Pontes não é mais do que um testa de ferro do filho do antigo Presidente”, disse ao Expresso fonte dos Serviços de Inteligência que acompanha o processo.

Através de uma empresa-fantasma — a Mais Financial Services —, os angolanos, apoiados por brasileiros acobertados num outro veículo, a Perfect Brint, apresentaram uma proposta de agenciamento de créditos até 30 mil milhões de $  contra a garantia de um desembolso de 500 milhões de $.

Dos Santos e Valter Filipe !…

Esta operação mereceu, desde logo, desconfiança por parte do ministro das Finanças, Archer Mangueira, mas o aval dado por Eduardo dos Santos terá sido determinante para o ex-governador do BNA, Valter Filipe, dar luz verde à sua execução.

Se uma audiência decisiva concedida, na sede do MPLA, pelo antigo Presidente ao ministro das Finanças e ao ex-governador do BNA na presença do filho, caucionou a realização da operação, as divergências que depois surgiram acabaram por ensombrar o seu destino…

De um lado, chegava à mesa de Eduardo dos Santos um parecer negativo do ministro das Finanças, do outro, recebia uma proposta favorável sustentada por técnicos do BNA e representantes de José Filomeno dos Santos.

    O “cabritismo” de ..pai e filho !…

Ao decidir a favor do parecer do ex-governador do BNA, o antigo Presidente retirava confiança no ministro das Finanças e deixava o caminho aberto para Valter Filipe satisfazer o último desejo de José Filomeno antes de abandonar, em definitivo, o Palácio da Cidade Alta.

EPIDEMIA : Angola a braços com febvre malária… que já matou até agosto mais de 4.000 pessoas !..

À testa da comissão de negociações e com a bênção do antigo Presidente, Valter Filipe mandou acionar a transferência dos 500 milhões de dólares para a parte estrangeira a que estão associados José Filomeno dos Santos (Zenu) e Jorge Pontes Sebastião.

Joao Lourenco, o novo Presidente !…

A ascensão temporária do governador do BNA não demoraria, no entanto, muito tempo. Logo após a investidura, o novo Presidente, perante a descoberta dos contornos nebulosos envolvidos na operação, ordenou que a coordenação fosse de imediato devolvida ao ministro das Finanças.

A reentrada em cena de Archer Mangueira e a retirada dos antigos poderes detidos por José Filomeno dos Santos acabou por constituir um balde de água fria para os alegados credores estrangeiros.

Na posse da notificação enviada pelas autoridades britânicas através da UIF — Unidade de Informação Financeira —, o ministro das Finanças pôs a nu todo o rosário de irregularidades que ensombrou a execução da operação.

O destino do governador do BNA ficaria traçado depois deste ter feito uma longa confissão ao novo Presidente sobre os meandros de uma série de outras operações feitas sem registo em vésperas da sua investidura.

A João Lourenço não restava outra saída senão denunciar a falta de seriedade e de credibilidade dos negociadores estrangeiros e ordenar o desencadeamento de démarches com vista a recuperar os 500 milhões de $ transferidos fraudulentamente para Londres.

Afastado José Filomeno dos Santos da liderança do Fundo Soberano e Jorge Pontes Sebastião da função de secretário executivo da Conselho do Sistema de Controlo e Qualidade,

???…direita ..na…cadeia !...

o novo Presidente angolano deu instruções à UIF e ao BNA para colaborarem com os oficiais da Brigada Internacional Antifraude para se apurar todos os tentáculos desta negociata.

Dois brasileiros envolvidos na operação estão a contas com a justiça britânica, enquanto um terceiro está foragido. Para desmontar toda a teia desta fraude, Angola conta também com o apoio jurídico da Norton Rose, um reputado escritório internacional de advogados.

O Expresso tentou falar com José Filomeno dos Santos, Jorge Pontes Sebastião e Valter Filipe, mas não foi possível até ao fecho desta edição.

Expresso

sábado, 27 janeiro 2018 22:37

Caros leitores ….

Cabritismo os seus lugares… e ….muito..muito...desonestidade !  

você pode enviar seus artigos …de impresa…e seus videos… 

E-mail : cabritta@cabritismo.info 

O Cabritismo ?....BASTA !

 

Ils nous volent tout ce qu’ils peuvent,… ne laissent rien, rien et rien !…

«Tôt ou tard, ils finiront en prison » – Rafael Marques

O Cabritismo ?....BASTA !

 

ANGOLA : Corriger ce qui est mauvais et améliorer ce qui est bon -I- Dr Esteves Isaac Pena.

CABRITISMO : Ex-governador do BNA sob Investigação !.. – Maka angola

O Cabritismo ?....BASTA !

en.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Fuga ao fisco Etiquetas: , , , ,

Janeiro 10th, 2018 Por cabritta

Caros leitores !..

O Cabritismo ? …. BASTA !..

O Cabritismo ?mata !  criancias….

Jean-Claude BASTOS e José Filomeno dos Santos

 

 

O Cabritismo ?….BASTA ! 

O Presidente da República, João Lourenço, exonerou hoje, quarta-feira, as seguintes entidades que integravam o Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola:

José Filomeno de Sousa dos SantosPresidente do Conselho de Administração;

– Hugo Miguel Évora Gonçalves – Administrador Executivo;

– Miguel Damião Gago – Administrador Executivo;

Os “cabrideiros” Jean-Claude e Zenu..

Na sequência, o Presidente da República nomeou as seguintes entidades para integrarem o Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola:

– Carlos Alberto Lopes Presidente do Conselho de Administração;

Laura Alcântara Monteiro – Administradora Executiva;

– Miguel Damião Gago – Administrador Executivo

– Pedro Sebastião Teta– Administrador Executivo

– Valentina de Sousa Matias Filipe – Administradora Executiva;

Tendo sido nomeado para exercer as funções de Presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola, foi entretanto exonerado, por decreto presidencial com data de hoje, Carlos Alberto Lopes do cargo de Secretário para os Assuntos Sociais do Presidente da República.

Zenu dos Santos…

Noutro decreto, o Presidente da República, João Lourenço, nomeou Maria de Fátima Republicano de Lima Viegas para o cargo de Secretária para os Assuntos Sociais do Presidente da República.

Também hoje, o Chefe de Estado nomeou José Manuel Mena Abrantes para o cargo de Consultor do Presidente da República.

Entretanto, por conveniência de serviço público, o Presidente da República nomeou para integrarem o Conselho de Administração da SONANGOL-EP como Administradores Não Executivos, Lopo Fortunato Ferreira do Nascimento e Marcolino José Carlos Moco.

O “Cabritismo” de Pai e Filho ?…

Por último, João Lourenço nomeou Francisca Salomé Massango de Brito para o cargo de Directora Geral da Unidade de Informação Financeira.

quarta, 10 janeiro 2018 20:53

Caros leitores …. 

Cabritismo os seus lugares… e ….muito..muito.…..desonestidade !  

você pode enviar seus artigos …de impresa…e seus videos… 

E-mail : cabritta@cabritismo.info 

CRIMES : Ministro do Interior apela à denúncia de crimes económicos para combater corrupção,…e..O “cabritismo” ?..

ZENU ? : … LA CORRUPTION TUE !… SÈME LA MORT…

ANGOLA : Eux !..claquent des fortunes $$$,..au nez et à la barbe de 20 millions d’affamés !..$$

Jean-Claude PARADISE : um “cabritismo” desagradável que mata crianças angolanas…

O Cabritismo ?….BASTA !  

E-mail : cabritta@cabritismo.info 

www.pdf24.org    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Corrupcao, Desonestidade Etiquetas: , , ,

Dezembro 16th, 2017 Por cabritta

O “cabritismo” dos V.I.P !…

A grande ‘bomba’ do seminário sobre “Os desafios do combate à corrupção, ao nepotismo e ao branqueamento de capitais“, organizado esta semana em Luanda pelo Grupo Parlamentar do MPLA, foi sem dúvidas ‘deflagrada’ pelo Presidente da República, ao anunciar uma moratória do Governo para que os angolanos que tenham dinheiro do país colocado no estrangeiro, o tragam de volta para ser investido no desenvolvimento de Angola.

Jean-Claude PARADISE !…

“Pretendemos que os angolanos detentores de verdadeiras fortunas no estrangeiro sejam os primeiros a vir investir no seu próprio país se são mesmo verdadeiros patriotas.

O Executivo vai no início do ano estabelecer um período de graça durante o qual todos aqueles cidadãos angolanos que repatriarem capitais do estrangeiro para Angola e os investirem na economia, em empresas geradoras de bens, de serviços e de emprego, não serão molestados, não serão interrogados das razões de terem tido o dinheiro lá fora, não serão processados judicialmente.

…Um “cabritismo” aos seus lugares !..

Mas, findo esse prazo, o Estado angolano sente-se no direito de o considerar dinheiro de Angola e dos angolanos e como tal agir junto das autoridades dos países de domicílio, para tê-lo de volta em sua posse.”

O Presidente João Lourenço não podia ter sido mais assertivo com esse anúncio que se revela do agrado da generalidade dos cidadãos, pelas externalidades positivas para a economia nacional que resultariam da sua implementação. Contudo, não sejamos ingénuos ao ponto de pensar que esse anúncio venha a ser acatado de ânimo leve por aqueles a quem a proposta do Presidente da República se destina primordialmente.

Há angolanos que fizeram o seu pezinho-de-meia com esforço honesto e empreendedor e têm domiciliado no estrangeiro o fruto desse labor inquestionável ? É óbvio que sim. Longe de nós catalogar a todos como uns desalmados ladrões.

uma reserva pessoal !..

Mas não é com estes que devemos estar preocupados. E sim com aqueles que julgamos serem os verdadeiros destinatários da mensagem de João Lourenço. Aqueles que usando de expedientes ilícitos fartaram-se estes anos todos de delapidar o erário nacional, gerando fortunas ilícitas que foram depois escondidas em cofres-fortes estrangeiros.

Fuga ao fisco de isabel dos santos !…

São estes que têm investidos, ou guardados em ‘colchões de luxo’ lá fora, milhares de biliões de dólares – o montante exacto só mesmo os contabilistas de Al Capone e Ali Babá poderiam determinar com exactidão.

De Grisogono “papers” !…

“Ao Estado compete engendrar um “plano B” que consista não apenas em reunir e elaborar legislação apropriada, como também reunir bons juízes para estarem ao comando da Procuradoria Geral da República, do Tribunal Supremo e do Tribunal de Contas. Juízes pró-activos e que não se limitem a encher as cadeias com ladrões de botijas de gás e que possam mesmo ir atrás do grande crime de colarinho branco.”

Desenganemo-nos, pois estes últimos, por certo, ficaram amuados, se não atordoados, com o recado deixado pelo Presidente angolano. E tenham a certeza que também já andarão a magicar nos esquemas e expedientes que podem usar para furtarem-se ao apelo patriótico do Chefe de Estado.

Jean-Claude PARADISE !…

Por isso, não será com falinhas mansas que esse apelo será por eles acatado. Podemos até imaginar os ditos cavalheiros apresentarem-se em fila, qual meninos de coro e bem comportados, com os seus mealheiros nas mãos diante do Presidente João Lourenço, balbuciando qualquer coisa como isto: “Senhor, devolvo-te o que surripiei do país em tempos de folia e farra; e eis também o que depois acumulei de renda e juros de mora em bancos e paraísos fiscais no estrangeiro!”

Podemos também imaginar um João Lourenço pachorrento a afagar-lhes as cabecinhas e responder assim: “Bom e fiel servo, porque no muito fostes laborioso, no muito te colocarei. Entra no gozo do teu Senhor!”

Fuga ao fisco de Pai e filho !…

Mas é só mesmo imaginação. Dificilmente em Angola se cumprirá a “Parábola dos Talentos”, que aqui adaptámos para efeitos deste artigo. O combate à corrupção no país precisa de ser levado com circunspecção e sensatez para não desencadear uma descontrolada caça às bruxas que, por seu turno, venha a ocasionar efeitos colaterais mais perversos.

Mas medidas tomadas com sensatez e circunspeção não devem ser confundidas com mero blá-blá-blá, e o mesmo é dizer com inócuas falinhas mansas. Qualquer coisa como isto: “Vindes cá, estais perdoados, têm ‘x’ tempo para devolver o que roubaram.”

Este discurso é bom? Sim. Agita o povo? Sim. Motiva esperança? Sim. Mas, em termos práticos, dificilmente incitará quem tem o vil metal no estrangeiro a repatriá-lo, sem que seja através de medidas de coacção, ou mesmo aos empurrões, se quisermos….

O “cabritismo” de isabel ?…

Zénu ?… O “Cabritismo” mata !…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

por Severino Carlos

Leia mais sobre …o jornal …

 14 de Dezembro 2017

Caros leitores …. 

 

 

Cabritismo os seus lugares… e ….muito..muito.…..desonestidade !   

você pode enviar seus artigos …de impresa…e seus videos… 

E-mail : cabritta@cabritismo.info 

O Cabritismo ?….BASTA !

 

 

 

PDF Creator    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo, Corrupcao, Fuga ao fisco Etiquetas: , , , , ,

Novembro 21st, 2017 Por cabritta

Caros leitores ….                

basta !.basta !…..basta !..

Cabritismo os seus lugares… e ….muito..muito.…..desonestidade !   

você pode enviar seus artigos …de impresa… 

E-mail : cabritta@cabritismo.info 

O Cabritismo ?..BASTA !..

pesquisa…

…em curso ?…

O Cabritismo ?..BASTA !..

 

O Fundo Soberano de Angola…

ou é muito incompetente ou é cúmplice !… O seu propósito só pode ser um: ocultar os beneficiários reais das transacções.

 

 

O Cabritismo ?..BASTA !..

Fundo Soberano Enriquece Jean-Claude Bastos de Morais

Mourir de faim en Angola, Peut-on vraiment le croire ?…

José Eduardo dos Santos n’a jamais voulu d’une Angola, pour les angolais…

L’économiste Carlos Castel-Branco dit que “Le régime angolais est fasciste.”

Droit à la Santé et Crimes contre l’humanité en Angola

O Cabritismo ?..BASTA !..   E-mail : cabritta@cabritismo.info 

PDF Converter    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo Etiquetas: , ,

Novembro 20th, 2017 Por cabritta

Caros leitores ….                

basta !.basta !…..basta !..

Cabritismo os seus lugares… e ….muito..muito.…..desonestidade !   

você pode enviar seus artigos …de impresa… 

E-mail : cabritta@cabritismo.info 

O Cabritismo ?..BASTA !..

pesquisa…

…em curso ?

O Cabritismo ?..BASTA !..

 

ZENU ? : … LA CORRUPTION TUE !… SÈME LA MORT…

Ils nous volent tout ce qu’ils peuvent,… ne laissent rien, rien et rien !…

cabritta…

O Cabritismo ?..BASTA !..

 

E-mail : cabritta@cabritismo.info

Jean-Claude PARADISE : um “cabritismo” desagradável que mata crianças angolanas…

E-mail : cabritta@cabritismo.info

PDF24    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo Etiquetas: , ,

Novembro 18th, 2017 Por cabritta

Caros leitores ….                

basta !.basta !…..basta !..

Cabritismo os seus lugares e ….muito..muito.…..desonestidade !   

você pode enviar seus artigos de impresa… 

E-mail : cabritta@cabritismo.info 

 

ZENU ? : … LA CORRUPTION… TUE ! LES ENFANTS DE L’ANGOLA

ZENU ? : O CABRITISMO… MATA ! AS CRIANCAS DE ANGOLA

O Cabritismo ?..BASTA !..    E-mail : cabritta@cabritismo.info 

«Tôt ou tard, ils finiront en prison » – Rafael Marques

ZENU ? : … LA CORRUPTION TUE ! LES ENFANTS DE L’ANGOLA

Droit à la Santé et Crimes contre l’humanité en Angola

ANGOLA : COMBIEN ÇA COUTE, LE FILS,… DANS LE ROYAUME DES ESCLAVES ?

Isabel dos Santos a déjà ruiné la Croix Rouge de l’Angola !

PDF24 Creator    Send article as PDF   

Publicado em Cabritismo Etiquetas: ,

Partilhar
Partilhar